“Este Boavista é totalmente diferente do que defrontámos na 1ª volta no Bessa”

Jorge Jesus perspetivou o Benfica-Boavista, da 23.ª ronda da Liga NOS, agendado para este sábado, às 18h00, no Estádio da Luz.

Em conferência de Imprensa no Benfica Campus, o treinador antecipou “um jogo complicado para o Benfica”, garantiu as presenças de Darwin e Vertonghen entre os convocados, considerou não poder haver paralelismo entre o frente a frente da primeira volta e este e explicou as mudanças táticas que são uma realidade no futebol moderno.

O Benfica recebe amanhã [sábado] o Boavista, um jogo histórico do futebol português. Como antecipa este encontro?

O Boavista é um clube com história no futebol português, como todos nós sabemos. Nestes últimos jogos tem vindo a recuperar a sua classificação e os seus objetivos… Também sabemos que fez um excelente jogo no Dragão, no qual empatou 2-2, ou seja, isso é um sinal de que é uma equipa que, quando joga contra as equipas grandes, tem potencial para disputar esses mesmos jogos e o resultado. Vamos encontrar uma equipa bem organizada defensivamente, que tem um treinador com experiência e história no futebol português. Vai ser um jogo complicado para o Benfica, não tenho dúvida nenhuma, não só por alguns jogadores que o Boavista tem, com muita experiência, entre os quais o nosso querido Javi García, que esteve aqui comigo vários anos no Benfica, como também face ao sistema da equipa do Boavista, que, normalmente quando joga contra equipas grandes, muda para 5x4x1. Nós trabalhámos em cima disso, estamos habituados a jogar contra equipas que jogam assim.”Vamos encontrar uma equipa do Boavista bem organizada”

Conta com Darwin para este jogo com o Boavista? Tendo em conta os últimos jogos dele, em que se dava muito à marcação, que conversas e trabalho específico tem tido ele?

Vai estar no jogo. Vai ser convocado. Ele e o Jan [Vertonghen]. O Darwin começou o campeonato num nível muito alto que nos deixou surpresos, pela velocidade, golos e assistências. Entretanto, começou a ter um problema que o incomodou no último mês. Treinou, vai estar no jogo, mas ainda não está 100% clinicamente curado. Às vezes, o jogador tem uma dorzinha, mas tem de jogar e suplantar essa dor. Ele vai ter de suplantar essa dor e esta lesão. Não estava habituado a conviver com este processo e baixou um pouco a sua intensidade. Estamos a puxá-lo para cima. Ele está mais capacitado e está mentalmente mais equilibrado. A cabeça é que manda.

Jorge Jesus

Falou do reencontro com Javi García… Pergunto-lhe se gostava de voltar a ter Matic, depois de ele ter dito que apreciaria voltar ao Benfica?

O Matic, sabem tão bem quanto eu, fez excelentes épocas aqui no Benfica. É um jogador com um perfil como há poucos jogadores do mundo, com 1,90 m de altura e a capacidade técnica que ele tem. Por isso é que o Chelsea o contratou. Hoje está no Manchester United e continua a jogar. Vi o jogo com o Milan [1.ª mão dos oitavos de final da Liga Europa] e está em grandes condições físicas e atléticas. É muito difícil de acontecer, porque estamos a falar de contratos que Portugal não consegue acompanhar, principalmente quando falamos das maiores equipas da Europa.

Como vê a possibilidade do regresso do público aos estádios ainda nesta época?

É uma das melhores notícias. É o que todos nós, que estamos ligados ao futebol, queremos, particularmente o Benfica porque é o nosso 12.º jogador. Se realmente o Estádio abrir na data que estão a dizer, sabemos que não vai estar cheio, mas qualquer pessoa que esteja no Estádio, para nós, é como se ele estivesse lotado porque já não estamos habituados ao calor e ao carinho do público, principalmente o Benfica… A falta de adeptos trouxe um grande prejuízo para as grandes equipas, como o Benfica, que tem a maior massa associativa de Portugal. Ficamos todos muito felizes se o regresso dos adeptos for verdade, mas como isto é dia a dia… esperemos que quando chegar à altura não seja a conta-gotas e as gotas estejam contadas.

Jorge Jesus é um treinador que usou, durante muitos anos, a mesma tática [4x4x2], mas nesta época por vezes apareceu com uma tática diferente. Por que razão?

Tenho, ao longo dos anos de treinador, e cada vez estou mais convencido disso, a ideia de que o futebol vai avançar para um cenário de um sistema padrão, com várias alternativas. Hoje, o futebol está mais parecido com as outras modalidades coletivas, como o basquetebol ou o andebol… durante o jogo, a tática muda completamente. O futebol vai avançar para isso. A minha ideia é essa: uma equipa não pode ter só o plano A, tem de ter o plano B, C…

Jorge Jesus

Com o regresso de Vertonghen, vai manter Lucas Veríssimo no onze inicial?

O Vertonghen vem de uma lesão de duas/três semanas. Clinicamente está curado, mas fisicamente não está igual à altura em que se lesionou. Vai ter de recuperar o espaço dele e esperar pela oportunidade. Tanto o Lucas [Veríssimo] como o Otamendi têm feito uma dupla forte. Desde que o Lucas entrou, a equipa só sofreu golos com o Arsenal. No Campeonato não sofreu. Aliás, nos últimos seis jogos, só sofremos com o Moreirense e foi de grande penalidade. Temos estado a melhorar defensivamente.

Na primeira volta sofreram uma derrota (3-0) com o Boavista. Esse jogo ainda serve de base para algo na vossa preparação ou a mudança técnica no adversário torna a equipa diferente?

As duas coisas. O próprio sistema não é igual. Neste momento, o Boavista joga com um sistema diferente nestes jogos… Tem um treinador diferente, com ideias diferentes, com uma ideia de jogo completamente diferente daquela de quando jogámos no Bessa. Tenho a certeza do que digo, nada é igual, não há comparações possíveis do jogo da primeira volta com o de amanhã [sábado] dentro daquilo que são a estratégia, o sistema de jogo, as metodologias do treinador… tudo é completamente diferente.”Temos estado a melhorar defensivamente”

Como analisa a campanha do FC Porto e das equipas portuguesas na Europa?

Neste momento só o FC Porto está na Europa… Fez uma eliminatória brilhante com a Juventus, que aumentou a pontuação do ranking português, num estádio que nós conhecemos, porque também já lá fomos felizes, quando ganhámos a meia-final da Liga Europa, também à Juventus [2014]. Parabéns ao FC Porto por este feito. Valorizou muito o futebol português. Era bom que a Liga Europa tivesse mais equipas… Nós saímos da Liga Europa, na minha opinião, com uma grande equipa [Arsenal]. Estive a ver o jogo deles com o Olympiacos, foi 3-1, mas podia ter sido muitos mais… Acho que uma das equipas que vai disputar o título da Liga Europa é o Arsenal.

Jorge Jesus

Está preparado para perder Odysseas no final da época?

A notícia do Odysseas não sei se é verdadeira. Lançam-se constantemente notícias para os jornais com a estratégia de ter temas para falar. Entre os quais, Pizzi, Gonçalo Ramos, Odysseas, Jardel… É preciso falar do Benfica e então lançam-se notícias para se ter audiências.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.