Hóquei em patins miseravelmente goleado em Tomar

A equipa de hóquei em patins do Benfica foi perdulária no momento da finalização, não capitalizou algumas das várias hipóteses que construiu na partida e a vitória acabou por sorrir aos visitados. O SC Tomar-Benfica da 18.ª jornada do Campeonato Nacional terminou com um resultado de 5-2.

Os visitados entraram melhor na partida e utilizaram bem os 45 segundos disponíveis para o movimento atacante. Trocavam a bola, efetuavam várias trocas de posição e não tinham receio de utilizar a meia distância. Aos 5′ surgiu a primeira ameaça à baliza encarnada. Filipe Almeida, ainda longe da área benfiquista, puxou a culatra atrás e disparou um potente remate cruzado. Pedro Henriques estava atento, estirou-se com qualidade e afastou o perigo. 

Benfica tentava responder com as suas armas, contudo, pecava no último passe e na finalização. O SC Tomar aproveitou a situação e, aos 16′, através de um ataque rápido chegou ao tento inaugural. Rúben Sousa, posicionado do lado esquerdo do meio-campo, fez um passe para a profundidade. Filipe Almeida percebeu onde tinha de aparecer, Valter Neves não conseguiu desviar o esférico e o camisola 18 aproveitou para tocar para dentro da baliza (1-0).

A um minuto e meio do término do primeiro tempo, as águias tiveram uma excelente oportunidade para chegar à igualdade. Edu Lamas avançou vários metros e, já sem oposição, rematou com tudo o que tinha, porém, para infelicidade dos companheiros de equipa, a bola foi direita à barra da baliza adversária. Ao intervalo: 1-0.

Benfica-Juv. Viana

Clube da Luz entrou decidido a chegar ao golo da igualdade no recomeço da partida e Lucas Ordoñez esteve muito perto aos 29′Edu Lamas efetuou um passe longo, descobriu o colega da equipa e o número 9, isolado, não conseguiu desviar de Francisco Veludo. Tal como havia acontecido na primeira parte… não marcou o Benfica, aproveitou o Tomar. Filipe Almeida contornou a defensiva encarnada pelo flanco esquerdo, não sofreu oposição e, no momento certo, colocou a bola para Ivo Silva que, ao segundo poste, não teve dificuldades em encostar para o segundo dos visitados (2-0).

Os comandados de Alejandro Domínguez responderam na jogada seguinte, contudo, sem sucesso. Contra-ataque rápido conduzido por Nicolía, o jogador argentino esperou a movimentação do colega de equipa e colocou o esférico no momento certo. Miguel Vieira estava isolado, mas Francisco Veludo fez a mancha e tapou os caminhos do golo. O Glorioso não baixava os braços, continuava a ir à luta, mas faltava harmonia no momento da finalização. Lucas Ordoñez voltou a ter uma chance soberana aos 45′, mas não capitalizou. Valeu, novamente, o guardião do SC Tomar a negar as intenções.

Não marcou aos 45′, foi feliz aos 47′! Ordoñez, assistido por Nicolía, disparou de fora da área e o esférico entrou junto ao poste direito (2-1). O SC Tomar voltou à diferença de dois golos após um livre direto convertido por Alexandre Marques aos 48′. O remate saiu forte e em direção ao canto superior direito da baliza à guarda de Pedro Henriques (3-1). O ímpeto dos visitados mantinha-se e na marcação de outro livre direto, voltou a haver golo. Desta vez foi Hernâni Diniz a juntar o seu nome à lista dos marcadores. O jogador encarou o guarda-redes benfiquista, ameaçou ir para um lado, mudou de direção e, quase em queda, colocou a bola a entrar junto do canto inferior direito (4-1). 

Benfica ainda tentava reduzir, mas o remate de Valter Neves encontrou oposição do SC Tomar. Os da casa saíram rápido para a contraofensiva. Ivo Silva patinou pelo flanco esquerdo, chegou perto da baliza encarnada e deu para o lado contrário onde Anderson Silva, solto de marcação, desviou para o quinto golo. Nos últimos segundos, e através de um livre direto, Valter Neves fez o segundo das águias e estabeleceu o resultado final (5-2).

No jogo da próxima jornada (19.ª) o Benfica recebe a AD Sanjoanense. 

SC Tomar-Benfica, 5-2

FICHA 
LocalPavilhão SC Tomar
Cinco inicial do BenficaPedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolía e Lucas Ordoñez
SuplentesMarco Barros, Danilo Rampulla, Edu Lamas, Gonçalo Pinto e Miguel Vieira
Ao intervalo1-0
Marcadores do BenficaLucas Ordoñez (47′) e Valter Neves (50′)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.