Benfica B vence no Seixal o Casa Pia e chega a meio da tabela classificativa

A equipa B do Benfica venceu neste domingo, no Benfica Campus, o Casa Pia por 2-0, em jogo da 19.ª jornada da II Liga. 

Foi com Sandro Cruz no onze, em estreia na prova, que o Benfica B entrou para um jogo que esteve equilibrado nos minutos iniciais, mas sempre com a bola a circular a bom ritmo, e com as duas formações a quererem jogar. 

Perto dos 10 minutos, duas grandes oportunidades, uma para cada lado. Aos 8′, Tiago Gouveia foi carregado em falta perto da área. Chamado a marcar o livre direto, Vukotic atirou colocado, com o esférico a passar a centímetros da baliza do Casa Pia. 

No lance seguinte, resposta dos casapianos. Saída rápida para o ataque, com Malik, descaído para a direita, a aparecer em boa posição, e a fazer um remate para grande defesa de Svilar (9′). Aos 24′, uma vez mais, o Casa Pia perto do golo. Godwin trabalhou bem na esquerda e rematou cruzado, com Svilar a evitar o golo com a ponta dos dedos. 

O Casa Pia estava melhor no Seixal e, aos 27′, Pedro Ganchas fez um mau passe em zona proibida e Malik, isolado, quase aproveitava. Valeu Tomás Araújo a afastar. A velha máxima do futebol de que “quem não marca, sofre” apareceu aos 41′. Tiago Araújo trabalhou bem na esquerda, cruzou e Henrique Araújo, de cabeça, a aproveitar uma má saída de Ricardo Batista para fazer o 1-0. Este foi o 5.º golo do avançado na II Liga. Pouco depois, chegou o intervalo ao Seixal. 

Benfica B-Casa Pia

Foi com uma chuva copiosa que arrancou o segundo tempo. Mais Benfica B no jogo e, aos 52′, David Tavares, com um disparo cheio de intenção de fora da área, quase surpreendeu Ricardo Batista. A perder, o Casa Pia voltou a carregar, a ter mais bola e a tentar chegar ao empate. 

Pouco depois dos 60 minutos, Nélson Veríssimo mexeu na equipa e fez entrar Embaló, e o virtuoso extremo mexeu com o ataque. Aos 65′, descobriu Henrique Araújo na área, com o madeirense a rematar para defesa de Ricardo Batista. Cinco minutos volvidos, aos 70′, Svilar, com duas boas defesas, evitou o tento do adversário, negando o autogolo a Henrique Araújo e o golo a Godwin.

O treinador do Casa Pia mexeu nas peças, tornou a equipa ainda mais ofensiva, mas o golo da tranquilidade chegou aos 81′. Livre batido por Vukotic para a área e Pedro Ganchas, oportuno, a cabecear para o fundo das redes, colocando o marcador em 2-0 para o Benfica B, resultado com que chegou o apito final. 

As águias somam agora 23 pontos na classificação. Na próxima ronda há deslocação até ao reduto do GD Chaves. 

Benfica B-Casa Pia

DECLARAÇÕES

Nélson Veríssimo (treinador do Benfica B): “Foi um jogo equilibrado frente a uma boa equipa. Pela campanha que o Casa Pia tem vindo a fazer sabíamos que ia ser um jogo de grau de dificuldade acrescido. O que fez a diferença foi termos concretizado as oportunidades que tivemos. Estou muito satisfeito pela vitória e pelos nossos jogadores. Deram uma demonstração de querer e estão todos de parabéns. Um dos objetivos era não sofrer golos. Nos jogos que temos feito estávamos a concretizar, mas também a sofrer. O objetivo é marcar mais do que o adversário e, se possível, não sofrer.”

Svilar (jogador do Benfica B e Homem do Jogo): “É um bom sentimento, mas, acima de tudo, o mais importante é a vitória. Esse sentimento é maior do que o troféu de Homem do Jogo [entregue pela Liga Portugal]. Foi um jogo equilibrado. Resistimos à pressão deles e saímos vencedores. Temos de continuar o nosso trabalho, treino a treino, jogo a jogo.”

Tiago Araújo (jogador do Benfica B): “É uma vitória muito importante. Há que dar mérito ao adversário, foi um jogo equilibrado, mas acho que a vitória é merecida. O jogo foi disputado, levámos a melhor e é continuar a trabalhar diariamente. A eficácia foi importante. Esta vitória dá-nos motivação, porque o jogo era complicado diante de uma equipa que está bem classificada. Queremos também subir na classificação.”

Benfica B-Casa Pia

Benfica B-Casa Pia, 2-0

FICHA 
LocalCampo n.º 1 do Benfica Campus
Onze do Benfica BSvilar, Fábio Baptista (Filipe Cruz, 73′), Tomás Araújo, Pedro Ganchas, Sandro Cruz, Diogo Mendes, Vukotic, David Tavares (Tomás Azevedo, 80′), Tiago Gouveia (Embaló, 63′), Tiago Araújo e Henrique Araújo (Luís Lopes, 73′)
SuplentesCarlos Santos, Filipe Cruz (73′), Gonçalo Loureiro, Rafael Brito, Tomás Azevedo (80′), Gerson Sousa, Embaló (63′), Zé Gomes e Luís Lopes (73′)
Ao intervalo1-0 
Marcadores do Benfica BHenrique Araújo (41′) e Pedro Ganchas (81′) 
Boletim clínicoDiogo Capitão (status pós-cirúrgico ligamentoplastia do cruzado anterior no joelho esquerdo); Jair Tavares (lesão muscular na coxa direita); Godfried Frimpong (lesão muscular na coxa esquerda); Branimir Kalaica (lesão muscular na coxa esquerda); Pedro Álvaro (lesão muscular na coxa direita); Daniel dos Anjos (miocardite aguda pós-infeção por COVID19) e Samuel Pedro (mialgia na coxa esquerda)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.