Futuro de Ferro permanece incerto para desespero do Valência

Um terço da janela já lá vai e na Luz o mercado de inverno continua morno, com entradas e saídas prometidas, que não passam de processos de intenção que tardam em encerrar e motivam, por isso, questões sensíveis entre vendedores e compradores.

Se no caso de William Carvalho a complexidade do negócio – salário alto, valor do passe alto, limitações financeiras, contas da SAD benfiquista a pedirem timings a médio prazo para os pagamentos – sugere decisões para a segunda quinzena, já os processos dos centrais Ferro e Lucas Veríssimo arrastam-se e ameaçam complicar-se.

O português tem o Valência em espera. O clube vai mal classificado na La Liga, lutando para fugir aos lugares de despromoção, e tem pressa em reforçar o plantel, mas Ferro só pode sair se Jesus autorizar e essa autorização não está sequer garantida com a entrada de Lucas Veríssimo, pois o treinador quer cinco centrais. E as exibições de Ferro nos poucos jogos em que tem sido opção também não ajudam a convencer JJ, precisamente porque tem estado bem, como se viu nos Açores com o Santa Clara.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.