Futsal aplica póker ao Módicus sob a influência do “player” Tayebi

Manhã fria de sábado, mas de início a todo o vapor! O Benfica sentenciou rapidamente a partida da 16.ª jornada da Liga Placard de futsal. Triunfo de 0-4 sobre o Modicus, num desafio onde houve show de Tayebi e golos de alto recorte técnico!

Antes de a bola começar a rolar, as equipas cumpriram um minuto de silêncio em memória de Alex Apolinário. Depois… 15 segundos disputados no primeiro jogo da segunda volta do Campeonato Nacional e golo do Benfica! As águias entraram a todo o vapor e chegaram ao tento inaugural com alta nota artística. Robinho, posicionado no lado esquerdo da quadra, levantou a bola, Tayebi fez a diagonal, enquadrou-se com a baliza adversária e, sem deixar o esférico bater no solo, disparou de pé esquerdo com grande precisão para o fundo das redes (0-1).

O rolo compressor continuava e no minuto seguinte (2′), Chishkala dilatou a vantagem. O internacional russo fletiu da esquerda para dentro, não teve oposição da equipa de Sandim e, com a mira bem apontada, desferiu um potente remate sem hipóteses para Trapa (0-2).

Aos 6′Tiago Brito fez o terceiro das águias! Roncaglio avançou alguns metros e passou para o lado esquerdo, Henmi colocou na paralela em Afonso Jesus, e o jovem formado no Benfica passou a bola para a zona do segundo poste. Tiago Brito respeitou a movimentação, colocou-se no sítio certo e atirou a contar (0-3). Uma jogada digna de aparecer nos manuais da modalidade!

Os visitados tentavam entrar na partida, mas o conjunto benfiquista exercia uma pressão alta e impedia a construção de jogo adversário. Com o decorrer do tempo o treinador Ricardo Ferreira montou uma estratégia diferente para ter mais bola. Assim que os atletas do Modicus conseguiam passar para o meio campo adversário, Coelho entrava e assumia o papel de guarda-redes avançado. Desta forma a superioridade numérica era criada e o Benfica acabava por ter de baixar as suas linhas. Era Willian Carioca – pivot brasileiro que já marcou por dez vezes na Liga Placard – quem aparecia nas zonas de finalização, contudo, as marcações encarnadas estavam bem afinadas e a vantagem manteve-se até ao final da primeira parte. Ao intervalo: 0-3.

Tayebi Benfica Futsal Modalidades

A primeira oportunidade da segunda parte pertenceu ao Modicus. Aos 22′, Fábio Lima ultrapassou Tayebi com uma finta curta, levantou a cabeça e rematou, mas Roncaglio respondeu a alto nível e afastou o perigo. Momentos depois, o guardião do Benfica teve mesmo a possibilidade de visar a baliza adversária. O guarda-redes aproveitou um vazio no corredor direito, avançou pela quadra e atirou um remate cruzado que passou perto do poste esquerdo. 

Os visitados voltavam a optar por colocar o cinco para quatro. Coelho era novamente chamado a jogo. O Modicus respirava, quebrava o ritmo da partida e procurava novamente o trabalho de pivot de Willian Carioca. Não aproveitava o Modicus, concretizava o Benfica com mais um golo de antologiaRoncaglio efetuou um lançamento de 30 metros, Tayebi dominou com o peito e rematou rasteiro. O esférico ainda passou por entre as pernas de Trapa antes de beijar as redes da baliza (0-4 aos 32′). 

Nos momentos finais eram as águias que jogavam com o guarda-redes avançado. Roncaglio subia no terreno, os benfiquistas pautavam o ritmocontrolavam as ocorrências e selavam o triunfo. Resultado final: 0-4. Na próxima jornada (18.ª), os comandados de Joel Rocha voltam a deslocar-se ao norte do País, para defrontar o Futsal Azeméis. Pelo meio, mais concretamente a 16 de janeiro (sábado), o Benfica enfrenta o Futsal Minerva, na Suíça, num encontro relativo aos 16 avos de final da UEFA Futsal Champions League.

Joel Rocha

DECLARAÇÕES

Joel Rocha (treinador do Benfica): “Foi um jogo muito competente e consistente da nossa parte em termos defensivos e ofensivos, e também soubemos atribuir mérito e qualidade à equipa do Modicus quando teve a bola. Fomos uma equipa sempre consciente da qualidade do nosso adversário, e fomos melhores, mais eficazes, controlámos o jogo e alcançámos uma vitória inteiramente justa, três pontos muito bem entregues. [O Benfica vai agora jogar na UEFA Futsal Champions League] Muda a competição, mantêm-se os objetivos e a ambição, que é vencer. Nesta semana vamos preparar o jogo do próximo sábado [frente ao Futsal Minerva] com esse intuito, para chegarmos à Suíça preparados, focados no que controlamos, que são as nossas tarefas, e seguir em frente na Liga dos Campeões.”

Tiago Brito (jogador do Benfica): “Foi uma vitória justa. Tivemos uma entrada muito forte e abrimos uma vantagem no marcador que nos deu algum conforto para o resto do jogo. O mérito defensivo fez com que saíssemos daqui com os três pontos.”

Modicus-Benfica, 0-4

FICHA 
LocalPavilhão do Modicus
Cinco inicial do BenficaRoncaglio, Nilson, Robinho, Chishkala e Tayebi
SuplentesMartim Figueira, Afonso Jesus, Silvestre Ferreira, Tiago Brito, Arthur, Rafael Henmi e Jacaré
Ao intervalo0-3 
Golos do BenficaTayebi (1′ e 32′), Chishkala (2′), Tiago Brito (6′)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.