Ex-portista Otamendi foi o único a mostrar “chama imensa” frente aos dragões

Nicolás Otamendi teve noite difícil, ele que reencontrou o FC Porto, mas agora com a pior camisola possível do ponto de vista dos dragões, dado que jogava de águia ao peito, o grande rival.

E não apenas isso, o central argentino acumulou ainda a responsabilidade de usar a braçadeira de capitão dos encarnados, na falta de Pizzi, com Covid-19. Foi ainda na etapa inicial da primeira parte que teve de lidar com a fúria do avançado Marega, que avançou para ele com cara de poucos amigos; e já no segundo tempo travou-se também de razões com Sérgio Oliveira, com o médio e capitão portista a apontar-lhe o símbolo do campeão nacional!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.