Benfica vence dérbi em Voleibol na casa do rival e sem espinhas

equipa de voleibol do Sport Lisboa e Benfica abriu a segunda fase do Campeonato Nacional com uma vitória clara por 0-3 no dérbi que teve lugar na casa do Sporting.

No Pavilhão João Rocha, o jogo começou de forma equilibrada, com várias alternâncias no marcador. Destaque no Benfica para a eficácia no ataque na zona do oposto e com um bloco forte; o Sporting respondia com incidência ofensiva nas zonas 2 e 3. A meio do 1.º set, as águias responderam aos três pontos de vantagem alcançados pelos da casa no início, logrando 16-19 no marcador. O técnico dos leões parou o jogo, alinhou a equipa em bloco triplo e a recuperação pontual aconteceu. Marcel Matz respondeu com adaptações nos encarnados e o 1.º set fechou com 22-25 para o Benfica.

Sporting-Benfica Voleibol

A papel químico do parcial anterior, o 2.º set voltou a ser equilibrado, com as duas equipas a variarem entre si a liderança no marcador. O Benfica mantinha a eficácia alta ao nível do bloco e mostrava concentração na defesa baixa; os verdes e brancos destacavam-se agora na zona 4. A meio do set, os encarnados alcançaram dois pontos de vantagem (17-19) e o técnico do Sporting parou a partida para acertar agulhas, mas de nada valeu, com os da Luz a aumentarem a diferença pontual. O 2.º set do dérbi terminou com 20-25 para as águias. 

A jogar em casa e a perder por 0-2, o Sporting parecia ter entrado mais determinado no 3.º set. Rapidamente chegou aos 6-2, e o treinador do Benfica a usar uma paragem técnica. A mesma resultou, com os da Luz a recuperarem através de ataques na zona 4. O voleibolista do Sporting Dvoranen foi, ainda, admoestado com o cartão vermelho e o resultado passou para 8-7. A partir daqui, ponto cá, ponto lá, tudo muito renhido e o 3.º set a ser resolvido nas vantagens… 26-28 para o Benfica!

As águias somam três pontos na segunda fase e viram agora o foco para a Challenge Cup. 

Sporting-Benfica Voleibol

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Foi um jogo complicado, bem disputado. Não vou entrar em detalhes táticos, mas o Sporting apresentou algumas coisas diferentes e criou-nos dificuldades, o que mostra também o trabalho do treinador Gersinho. O Sporting apresentou-se com uma dinâmica um pouco diferente, mas conseguimos ser superiores nos momentos decisivos. Foi um jogo equilibrado, principalmente até aos 18-18 dos parciais. A nossa equipa ainda pode crescer, tal como a deles. Está tudo em aberto.”

Sporting-Benfica, 0-3

FICHA 
LocalPavilhão João Rocha
Formação do BenficaTiago Violas, Theo Lopes, Rapha, Japa, Peter Wohlfi, Honoré e Ivo Casas (L)
SuplentesAndré Lopes, Francisco Leitão, Hugo Gaspar, Afonso Guerreiro, Miguel Sinfrónio, Zelão e Bernardo Silva (L) 
1.º set22-25
2.º set20-25 
3.º set26-28 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.