Sub-23 falham acesso à liderança da Liga Revelação após empate com o Marítimo

Sport Lisboa e Benfica e Marítimo disputaram, nesta sábado, o jogo da 11.ª jornada da Liga Revelação. No Benfica Campus, jogo emocionante, reviravoltas, muitos golos e um empate: 3-3.

À entrada para este desafio, frente a frente a melhor defesa e o melhor ataque da prova, separadas por dois pontos. O Benfica vice-lider da geral, com 17 pontos, a um do líder Estoril, com os insulares, com menos um jogo, a somaram 15, no 4.º lugar da classificação.

Vindo de duas vitórias consecutivas (Portimonense e Sporting CP), foi um Benfica confiante e ambicioso, com oito Juniores no onze inicial, que subiu ao relvado do campo n.º 1 do Benfica Campus. 

Início de partida muito interessante, jogo aberto, com os sistemas táticos de ambas as formações a encaixarem. 

Aos 8′, o primeiro canto do encontro e a primeira oportunidade de golo, com Luís Lopes a ver a barra devolver-lhe o esférico, após um bom cabeceamento. Aos 10′, Pedro Santos tentou a sorte de meia distância, mas o remate saiu ao lado. No lance seguinte, Tiago Gouveia teve o golo nos pés, mas o remate acabou bloqueado na hora H. Gerson, aos 13′, rematou forte, mas mais uma vez a defensiva maritimista disse ‘não’, o mesmo aconteceu a Luís Lopes aos 14′.

Benfica-Maritimo

Primeiros 15 minutos com sinal mais dos encarnados, a tomarem conta das ocorrências e a estarem perto do golo… O Benfica não marcou, marcou o Marítimo!

Contra a corrente do jogo, aos 17′, em contra-ataque, finalização de Umaro Baldé, após assistência de Jefferson Kibe na direita. Primeiro remate à baliza de Samuel Soares e golo. 

As águias acusaram o tento sofrido e os insulares aproveitaram para crescer no encontro… mas foi “sol de pouca dura”!

Aos 28′, reação, com Tomás Azevedo, na profundidade, a oferecer a Luís Lopes, mas Pedro Teixeira estava atento e saiu da baliza antecipando-se…

No lance seguinte, finalmente o golo, com Tiago Gouveia, no cara a cara com o guarda-redes a levar a melhor, com um remate cruzado e forte de pé esquerdo. Estava feito o empate, 1-1, aos 29′.

Aos 35′, lance de laboratório e a reviravolta no jogo. Livre na direita, com Luís Lopes a surgir e a desviar certeiro para o 2-1. Justo! E o 3-1 chegou no minuto seguinte! Lance de entrosamento coletivo, com Tiago Gouveia a encher o pé e a bisar! Golaço!

Até ao intervalo o marcador não mexeu (3-1). Primeira parte de bom nível, com uma belíssima exibição da formação comandada por Luís Castro. Resultado justo!

Benfica-Maritimo

Reatar e mais Benfica ainda, com o recém-entrado Luís Semedo, com um grande remate, a oferecer a Pedro Teixeira a defesa do dia no Seixal. Merecia o golo!

Aos 53′, mais uma grande oportunidade. Remate de ressaca de Martim Neto após um canto… Esteve a milímetros o quarto tento das águias.

Em desvantagem, o Marítimo tentava reagir, o Benfica resolvia com classe e era quem mais estava perto de dilatar. Exibição de muita competência!

Os insulares intensificaram a pressão à procura de reentrar na disputa dos três pontos, o jogo tornou-se mais quezilento, com mais paragens, mas com os encarnados a nunca perderem o controlo dos acontecimentos.

Aos 66′, mais uma excelente oportunidade e mais uma defesa de enorme qualidade de Pedro Teixeira, agora a um remate com selo de golo de Tomás Azevedo.

Aos 72′, desafio relançado, com Jefferson Kibe a rematar para o 3-2. Tudo em aberto no Benfica Campus…

O Marítimo carregava, no tudo ou nada, com o Benfica a suster como podia os ímpetos dos insulares. Várias mexidas nos dois lados, muita ambição em campo, com as duas equipas a rubricarem um bom jogo, nesta fase já jogado mais com o coração do que com a cabeça, diga-se em verdade.

Benfica-Maritimo

Vários erros, muitas faltas e o empate aos 86′, num lance em que Leandro Cardoso aproveita a saída de Samuel Soares. 3-3 no jogo! 

Minutos finais emocionantes, jogo partido, com as duas equipas na luta pela vitória… mas o empate manteve-se até ao apito final de Jorge Carreira.

Com este resultado, o Benfica soma 18 pontos na classificação geral e mantém-se tudo em aberto na luta pelo apuramento. Recorde-se que passam à fase seguinte somente os três primeiros de cada zona.

Na próxima jornada, as águias defrontam, fora de portas, o Cova da Piedade.

Benfica-Maritimo

Benfica-Marítimo, 3-3

FICHA 
LocalCampo n.º 1 do Benfica Campus
Onze do BenficaSamuel Soares, Renato Matos, Tomás Araújo, Adrian Bajrami, Rafael Rodrigues, Martim Neto, Gerson Sousa (Diogo Gonçalves, 77′), Tomás Azevedo, Pedro Santos (Luís Montenegro, 84′), Tiago Gouveia (Luís Semedo, 46′) e Luís Lopes (Vasco Paciência, 77′)
SuplentesPedro Souza, Guilherme Montoia, Gonçalo Loureiro, António Ribeiro, Luís Montenegro, Cher Ndour, Diogo Nascimento, João Tomé, Luís Semedo, João Resende e Vasco Paciência
Resultado ao intervalo3-1
Marcadores do BenficaTiago Gouveia (29′ e 36′) e Luís Lopes (35′)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.