Sub-23 do Benfica vencem em Alcochete os Sub…missos leões

Limpinho, convincente e sem contestação! O Benfica foi ao Estádio CGD Aurélio Pereira vencer o Sporting (0-3), no dérbi da 10.ª jornada da Liga Revelação. As águias foram melhores em todos os parâmetros, dominaram e o resultado podia mesmo ter outros números…

Segundo dérbi da temporada, mais um duelo de rivais a perspetivar-se como um grande jogo de futebol. No primeiro, no Benfica Campus, triunfo para as águias (4-2), num encontro espetacular… no desta terça-feira, só deu Benfica!

Frente a frente, em Alcochete, à entrada para o desafio, o Benfica, na 3.ª posição, com 14 pontos, e o Sporting, no 5.º lugar, com 12. Duas equipas a viverem realidades diferentes, as águias vêm de uma vitória frente ao Portimonense, já os verdes e brancos perderam frente ao líder Estoril, mas ambas com o apuramento para a fase seguinte da competição na mira.

Entrada forte do Benfica, a marcar posição. Objetivo claro, trazer três pontos para a Luz. Tiago Gouveia e Filipe Cruz deram o mote, com as águias a mostrarem muita ambição. Do outro lado, Joelson tentou a sorte, mas Henrique Jocu cortou com classe. 

E o golo não tardou! Jogada de insistência de Ronaldo Camará a descobrir Tiago Gouveia na direita. Bom trabalho na lateral, bom cruzamento e Gerson Sousa, com faro e a atacar bem a bola, cabeceia para o 0-1. Aos 9′, as águias colocaram-se em vantagem no reduto do leão.

Com as contas do apuramento a complicarem-se, resposta da formação de Filipe Pedro. Bom jogo, aberto, com as duas equipas a equipararem-se e na luta pelo golo.

O Benfica mantinha-se mais forte, organizado, e o 0-2 chegou aos 21′. Mais uma vez Tiago Gouveia na jogada, a desmontar a defensiva anfitriã e a oferecer a Ronaldo Camará que, com um remate cruzado, na esquerda, não dá hipóteses de defesa a Diogo Almeida. 

Em vantagem, os encarnados estiveram sempre mais perto de dilatar do que sofrer, exemplo disso foi o cabeceamento de Pedro Santos à trave, num lance de bola parada. No momento seguinte, contra-ataque e Luís Lopes, no cara a cara com o guarda-redes adversário, permitiu a defesa… Tudo isto antes da meia hora! Duas grandes oportunidades de golo!

O Sporting bem tentava reagir, mas não encontrava soluções e, nas escassas vezes que o conseguiu, o Benfica, com muita qualidade, resolveu de forma exímia.

Aos 37′, a bola tornou a entrar na baliza dos verdes e brancos, mas o árbitro João Marques anulou por posição irregular. Fica, contudo, o grande cruzamento de Filipe Cruz, e o cabeceamento fortíssimo de Luís Lopes. Teria sido um bonito golo…

Continuava a só dar Benfica e, antes do intervalo, mais três grandes oportunidades para dilatar. Primeiro, remate de Tomás Araújo, na sobra, a passar por cima da trave, depois, Tiago Gouveia, em duas ocasiões, com um bom remate e depois de cabeça, a levar perigo.

Festejos

Tempo de descanso no Estádio CGD Aurélio Pereira, com o Benfica a vencer, por 0-2, justamente e com o resultado a pecar por escasso!

Reatar e canto perigoso, resolvido por Samuel Soares, na resposta, Luís Lopes esteve muito perto. 

Aos 53′, grande penalidade para as águias, com Chico Lamba a carregar Luís Lopes. Falta clara. Chamado à conversão, guarda-redes para um lado, bola para o outro. Marcação irrepreensível de Luís Lopes a fazer o 0-3… que há muito se justificava!

Com meia hora para se jogar, manteve-se a toada, o Benfica dominava, contudo, o desafio entrou numa fase menos bonita, com muitas faltas e pouco discernimento, com o Sporting a não encontrar soluçõesMuito bem o Benfica, organizado, inteligente e a gerir com e sem bola… e também as emoções que um dérbi acarreta!

Até ao apito final, e perante um Sporting que nunca deitou a toalha ao chão, o Benfica foi dono e senhor do jogo e podia ter dilatado num bom par de ocasiões. Triunfo taxativo por 0-3escasso pelo produzido pelos encarnados.

Com este resultado, o Benfica soma um total de 17 pontos e assume a vice-liderança da tabela classificativa, a um ponto do Estoril Praia. Três pontos muito importantes.

Na próxima jornada, regresso ao Benfica Campus, com a formação de Luís Castro a enfrentar o Marítimo.

Benfica-Cova da Piedade

Sporting-Benfica, 0-3

FICHA 
LocalEstádio CGD Aurélio Pereira
Onze do Benfica BSamuel Soares, Filipe Cruz, Tomás Araújo, Adrian Bajrami, Rafael Rodrigues, Henrique Jocu, Gerson Sousa, Ronaldo Camará (Tomás Azevedo, 64′), Pedro Santos (Martim Neto, 73′), Tiago Gouveia (Henrique Pereira, 46′ [Luís Semedo, 81′]) e Luís Lopes (David Barreiro, 64′)
SuplentesPedro Souza, Guilherme Montóia, Renato Matos, António Ribeiro, Luís Montenegro, Martim Neto, Diogo Nascimento, Tomás Azevedo, Luís Semedo, Henrique Pereira, David Barreiro e Vasco Paciência
Resultado ao intervalo0-2
Marcadores do BenficaGerson Sousa (9′), Ronaldo Camará (21′) e Luís Lopes (53′)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.