As reacções às palavras de Jorge Jesus sobre o anti-jogo do Marítimo

Em 2009, Manuel Machado, então treinador do Nacional, tornou célebre um comentário sobre Jorge Jesus: «Um vintém é um vintém e um cretino é um cretino.» Ora, no final do jogo e perante as críticas que o treinador do Benfica fez à forma de jogar do Marítimo, Lito Vidigal não quis entrar em diálogo com o homólogo do Benfica. Contudo, não se escusou a lançar algumas farpas depois do que ouviu.

«Podia dizer tanta coisa. Olhe, bem podia parafrasear Manuel Machado. Contudo, esse não é o meu estilo. Quando colegas de profissão têm atitudes destas, revelam muita falta de segurança e medo. É muito mais fácil quando estamos receosos e com medo atacarmos os nossos adversários. Contudo, não penso dessa forma. Somos coerentes, educados. Podia também falar dos golos do Benfica que nascem de lances em que havia faltas a nosso favor. Mesmo assim, não vou entrar por esse caminho. O que interessa é continuar educado com toda a gente», atirou.

Quanto ao jogo, Lito Vidigal gostou do empenho dos seus jogadores. «Estávamos a jogar com uma equipa forte. Tivemos oportunidades. Acabámos o jogo em cima do Benfica e tivemos oportunidades para empatar», realçou.

Já Paulo Canhão, presidente de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos, reagiu, através de comunicado publicado nas redes sociais, às palavras proferidas por Jorge Jesus, na direção de Lito Vidigal, aquando do segundo golo do Benfica frente ao Marítimo.

Comunicado na íntegra:

«As considerações atribuídas a Jorge Jesus, na reação ao segundo golo do Benfica, na noite passada no Funchal, não podem passar sem resposta por parte da Direção de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos.

Em primeiro lugar, na defesa de um homem que, como jogador e treinador, se iniciou nesta cidade e neste clube, com elevados níveis de dedicação e profissionalismo, confirmados pelo percurso realizado até agora por Lito Vidigal.

Em segundo lugar, “O Elvas” repudia que o atual treinador de uma instituição secular com o palmarés nacional e internacional do SL Benfica se refira a esta cidade como destino, para desacreditar um colega de profissão. Elvas não gosta deste tipo de referência desvalorizadora. Os Elvenses têm orgulho no seu passado e exigem ser referenciados com respeito. 

Além do mais, o nosso clube está satisfeito com a atual equipa técnica, por nos colocar na liderança do nosso campeonato, sem pontos perdidos, com o melhor ataque e a defesa menos batida, sempre com respeito por cada um dos nossos adversários. 

O Clube Alentejano de Desportos expressa solidariedade a Lito Vidigal, em especial por não ter ripostado, de igual forma, à provocação do técnico adversário.

Por fim, recordamos a Jorge Jesus o investimento feito esta temporada, sem correspondência com resultados e exibições, o que não o poderia deixar confortável caso algum adepto do emblema da Luz lhe apontasse o caminho de ir treinar para a Amadora.»

Elvas, 1 de dezembro de 2020.

Paulo Canhão

(Presidente de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos)»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.