Ninguém pára o Voleibol do Benfica

SL Benfica e SC Espinho mediram forças neste domingo, na Pavilhão Nave Desportiva de Espinho, em partida da 15.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional de voleibol. Triunfo categórico, 0-3, num jogo que teve vários momentos…

Mais um fim de semana de jornada dupla, com o Benfica a iniciar com uma vitória na Luz frente à AA São Mamede por 3-1. Neste domingo, novo desafio, frente à formação de Espinho, nova vitória… a 12.ª consecutiva!

Líder e 6.º classificado da geral, no terceiro embate entre as duas formações na presente época. Nos anteriores, ambos para a Supertaça, vitórias taxativas da equipa de Marcel Matz, hoje comandada pelo treinador adjunto Rodrigo Barroso.

Entrada fortíssima das águias, a mostrarem ao que iam, a quererem resolver cedo e a cavarem uma confortável vantagem de 7 pontos (7-14). A formação da casa tentou reagir através de um serviço arriscado, mas vários erros não permitiram a aproximação (12-18), isto perante um Benfica muito experiente e com uma qualidade inequívoca. Primeiro set fechado com um claro 16-25.

Final Supertaça Voleibol

Os tigres entraram determinados no 2.º set e conseguiram colocar-se na frente logo a partir dos momentos iniciais (8-7). Com um serviço forte, os anfitriões provocaram alguns calafrios nos encarnados, nesta fase do jogo a terem dificuldades em contornar a situação (13-9). Partida equilibrada, emocionante, com pontos disputados como se do último se tratasse (16-14). Na reta final, tudo em aberto, empate aos 20-20, indefinição, com as águias a virarem o set aos 22-23 e, na raça, crer e ambição, fecharam com um 23-25. 0-2 no jogo!

Entrada no 3.º set tirada a papel químico do 2.º, com os homens da casa a fazerem um 3-0… Do outro lado resposta pronta, e que resposta! Vantagem anulada, com os encarnados a dispararem para um 3-8. Concentrado, com um serviço fortíssimo e um bloco irrepreensível, o Benfica foi somando pontos… Mas os espinhenses não deitaram a toalha ao chão. Empate aos 17-17 e reviravolta com um 19-18. Mais uma vez tudo em aberto! Muita luta, determinação, com o Benfica a ter de puxar dos galões e a fechar o set num 22-25, e o jogo: 0-3 justo!

Caminhada irrepreensível das águias, com 12 vitórias nos 12 desafios disputados, um total de 36 pontos e a liderança da classificação.

DECLARAÇÕES

Rodrigo Barroso (treinador adjunto): “Entrámos menos bem no 2.º e no 3.º set e permitimos que o Espinho conseguisse produzir aquilo que já estávamos a espera. Nós só podemos acreditar na estrutura que temos, no lote de jogadores que temos, e também sabíamos aquilo que teríamos de fazer. Acabámos o jogo com números muito interessantes, 70% no side out, conseguimos manter uma pressão no serviço na maior parte do tempo, e isso são valências da nossa equipa. É difícil caracterizar a nossa equipa. O nível dos nossos atletas é bastante homogéneo, provavelmente, é o grupo mais forte e isso permite-nos manter a competitividade interna. Daqui a algumas semanas teremos os jogos da Challenge Cup e queremos ter todos os nossos elementos ativos e predispostos a ajudar o grupo para manter a boa imagem na prova.”

Rodrigo Barroso

SC Espinho-SL Benfica, 0-3

FICHA 
LocalPavilhão Nave Desportiva de Espinho
Formação do BenficaRapha, Peter Wohlfi, André Lopes, Hugo Gaspar (cap.), Nuno Pinheiro, Ivo Casas (L) e Marc Honoré
SuplentesBernardo Silva (L), Afonso Guerreiro, Theo Lopes, Japa, Miguel Sinfrónio e Tiago Violas
1.º set16-25
2.º set23-25
3.º set22-25

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.