Auto-destruição do futebol das águias chega mais cedo este ano

O Benfica foi penalizado por falhas próprias e pela ineficácia na receção ao Braga na 7.ª jornada da Liga NOS. Esteve a perder por 0-3 no Estádio da Luz, mas acreditou sempre que podia reverter o quadro; marcou por duas vezes, mas também desaproveitou duas bolas de golo, perdendo por 2-3.

Intenso e rápido nos primeiros 15/20 minutos da partida, o Benfica provocou o acantonamento do Braga sobre a sua defensiva. Os arsenalistas, com os onze jogadores a formarem um bloco em posição recuada, tentavam tapar linhas de passe e fechar caminhos que tivessem a baliza de Matheus como destino.

A equipa benfiquista, que contou com Samaris (estreia a titular) e ainda Pizzi na zona central do meio-campo e Rafa e Everton sobre os flancos, ligou jogadas até aos últimos 20 metros, mas depois faltou-lhe acelerar combinações e descobrir espaços para romper a organização e o alinhamento defensivo dos minhotos.

Benfica-Braga Liga NOS

Na sequência de um canto batido na direita por Pizzi ao minuto 10, o Benfica podia ter marcado, mas a insistência de Vertonghen, numa espécie de pontapé de bicicleta, foi sustida pelo guarda-redes Matheus, que se estirou e espalmou a bola rematada pelo internacional belga.

O Benfica empurrou o Braga para trás, mas não criou grandes oportunidades e por isso não faturou. Os minhotos, que se esticaram mais no relvado a partir da meia hora de jogo, foram mais eficazes e, depois de uma ameaça concluída por Galeno com um remate sobre a barra (38′), marcaram um golo por intermédio de Iuri Medeiros (0-1). Descaído para a direita, o esquerdino recebeu a bola, arriscou um slalom, rompeu e chutou com o melhor pé, colocando o esférico junto ao poste mais distante (38′).

SLB-SCB

Segunda parte do jogo, duas alterações no Benfica: Samaris e Everton ficaram nos balneários, Gabriel e Seferovic entraram em campo. A intenção das águias era dar a volta ao texto, mas nesta fase os minhotos foram mais profícuos. Al Musrati, ao minuto 50, desmarcou Moura pelo eixo, e o jovem esquerdino bateu Odysseas (0-2).

Jorge Jesus voltou a mexer na equipa encarnada aos 60′: Nuno Tavares e Pizzi foram rendidos por Grimaldo e Taarabt. O Benfica ambicionava a reação, mas o cenário complicou-se aos 63′, quando Moura tirou proveito de um desentendimento entre Otamendi e Odysseas, interpondo-se, ganhando a bola e rematando o lance com um toque simples para as redes (0-3).

Benfica-Braga

As águias nunca se renderam perante a diferença no placard. E o golo aconteceu aos 68′, com Rafa a cruzar na direita e Seferovic a desviar na área de pé direito (1-3). No minuto seguinte, Jorge Jesus esgotou as substituições: saiu Gilberto, entrou Diogo Gonçalves.

O segundo golo do Benfica esteve na cabeça de Seferovic aos 70′, mas Matheus impediu o festejo. E podia ter sido apontado aos 74′, mas, depois do excelente endosso de Grimaldo, o alemão Waldschmidt, em ótima posição, atirou ao ladoQue perdida!!! Os encarnados criavam, mas desperdiçavam. Do outro lado, Galeno deu que fazer ao minuto 76, e Odysseas, com uma excelente intervenção, defendeu para canto.

Benfica-Braga

O Benfica acreditava num desfecho diferente, trabalhava ataques e voltou a marcar por intermédio de Seferovic: aos 86′, Taarabt picou a bola sobre a linha defensiva contrária, Grimaldo, em apoio, amorteceu de cabeça e o internacional suíço fechou o lance de pé esquerdo, com êxito (2-3). Já em tempo de compensação (90’+5′), a equipa encarnada obteve um terceiro golo, de novo por Seferovic, mas foi assinalado fora de jogo (confirmado pelo VAR) ao avançado.

Segue-se uma pausa no calendário para compromissos das seleções nacionais. O Benfica regressa à competição oficial pela Taça de Portugal no dia 21 de novembro, com uma deslocação ao terreno do Paredes na 3.ª eliminatória da prova.

Um pensamento sobre “Auto-destruição do futebol das águias chega mais cedo este ano

  1. Acreditava num desfecho diferente. Tudo o que deveria ser dito num palavra VERGONHA. Culpa nossa e continuamos a caminhar para o abismo, acumudados e resignados a ser humilhados desta forma.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.