Hóquei encarnado vence fora a Oliveirense e segue na vice-liderança

O Benfica soube contornar as dificuldades criadas pela Oliveirense e, a meio da segunda parte, começou a moldar o resultado a seu favor e descolou para a vitória por 3-5 no Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis, na 8.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins.

Vivacidade na pista, de parte a parte, com as equipas a procurarem sempre o golo. O primeiro conjunto a acertar nas redes foi o da casa. Henrique Magalhães, ao minuto 4, bateu o guarda-redes Pedro Henriques (1-0).

Os encarnados dispuseram de um livre direto aos 11′, mas Ordoñez, no duelo com Xavier Puigbi, não foi bem-sucedido, gorando-se a hipótese de empatar a partida. A igualdade (1-1) chegaria pelo stick de Sergi Aragonès ao minuto 16, com o internacional espanhol a desviar à boca da baliza e a valorizar o passe (assistência) do compatriota Edu Lamas.

Ainda antes do intervalo, o guardião benfiquista Pedro Henriques levou a melhor no um para um com Lucas Martínez, num livre direto.

Benfica-SC Tomar Hóquei em Patins

O ritmo vivo e a velocidade mantiveram-se no segundo tempo, com oportunidades de golo dos dois lados. A eficácia traduziu diferenças: o benfiquista Ordoñez, aos 30′, acertou no ferro e, a seguir, Diogo Rafael teve uma finalização anulada pela equipa de arbitragem; Ferruccio, certeiro por duas vezes no minuto 35, colocou o marcador em 2-1 e, depois, 3-1 a favor da Oliveirense. Pelas águias, Ordoñez apontou o 3-2 aos 36′, num sinal de que o resultado estava em aberto.

Com a Oliveirense a atingir a 10.ª falta, livre direto para o Benfica. Nicolía assumiu a execução e, na recarga após defesa do guarda-redes, rubricou o 3-3 aos 40′. Uma ação veloz dos encarnados ditou o 3-4 por intermédio de Diogo Rafael ao minuto 46. E o Benfica estava então embalado, logrando o 3-5 por Ordoñez aos 48′. Estavam garantidos os três pontos na difícil deslocação a Oliveira de Azeméis.

Alejandro Domínguez

DECLARAÇÕES

Alejandro Domínguez (treinador do Benfica): “Neste jogo só faltou o ingrediente do público no pavilhão. Foi uma grande partida, desafiante, com duas equipas que jogaram muito. A Oliveirense fez um grande jogo, tanto a defender como a atacar. Estudámos muito bem este adversário, individual e coletivamente. Estes jogos decidem-se nos detalhes, e estes caíram para o nosso lado. A perder por 3-1, a chave para a nossa vitória foi que a equipa seguisse o plano definido, em vez de tentar virar o resultado com ações individuais e na garra. Seguindo o plano, teríamos sucesso, e assim aconteceu.”

Oliveirense-Benfica, 3-5

FICHA 
LocalPavilhão Dr. Salvador Machado
Cinco inicial do BenficaPedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Nicolía e Lucas Ordoñez
SuplentesMarco Barros, Edu Lamas, Sergi Aragonès, Gonçalo Pinto e Miguel Vieira
Marcadores do BenficaSergi Aragonès (16′, 1-1), Lucas Ordoñez (36′, 3-2), Nicolía (40′, 3-3), Diogo Rafael (46′, 3-4), Lucas Ordoñez (48′, 3-5)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.