Benfica vence nona Supertaça de Voleibol em dez anos

Implacável! O SL Benfica não deu hipótese e com uma exibição de classe, qualidade e brilhante, venceu o SC Espinho, por indiscutíveis 3-0, conquistando a Supertaça 2020 em voleibol. É a 9.ª… nas últimas dez edições da prova!

No Pavilhão Multiusos de Gondomar, frente a frente dois históricos da modalidade, ambos com pergaminhos e palmarés no voleibol nacional. Um troféu em disputa, o primeiro da época, mas ainda referente a 2020, muita emoção e alguma ansiedade, com o grande ausente a ser o público, a festa das bancadas!

Num ano marcado pela pandemia de COVID-19 todas as áreas a nível mundial sofrem com o contexto e daí também o facto desta competição ter assumido moldes diferentes dos habituais por não ter havido Campeão. Primeiro uma fase de grupos com seis equipas, depois as meias-finais e, por fim, após alguns adiamentos, eis então a grande final a ter lugar nesta quarta-feira.

Arranque de jogo… e que entrada das águias! Superior em todos os aspetos, a atacar, a defender, e a praticamente não cometer erros, o Benfica cedo cavou uma diferença substancial, obrigando o treinador adversário Vítor Pinto a pedir um time out aos 10-4. Os espinhenses ainda esboçaram uma reação, mas este Benfica estava imparável e, em apenas 20 minutos, fechou o 1.º set com um taxativo 25-16 (1-0)Impressionante!

Segundo set com contornos diferentes inicialmente, com a formação de Espinho a puxar dos galões e a equilibrar… Ponto a ponto, tudo empatado até aos 7-7! Aí, mais uma vez o Benfica disse presente a disparou no marcador. Com um 11-7, mais uma vez Vítor Pinto chamou os seus jogadores, mas tal como sucedera anteriormente, este Benfica sabe muito bem o que quer e tem uma qualidade gritante que lhe permite colocar em quadra os seus desejos e concretiza-los de forma exímia! No serviço, no bloco, na receção… praticamente em todas as variantes as águias foram classe pura perante um SC Espinho brioso que fez o que conseguiu face à superioridade encarnada! 21 minutos chegaram para o 2-0 no jogo, com um parcial de 25-17.

Tal como no set anterior, momentos iniciais pautados pelo equilíbrio, com o adversário a inclusive ter conseguido ter uma vantagem de dois pontos pela primeira vez em todo o desafio (6-8). O Benfica reagiu, empatou e mais uma vez se disputou ponto a ponto, com as duas formações a não dispararem no score e a manterem-se “coladas”.

Com um 13-15 foi então momento de Marcel Matz parar o jogo e reorganizar tropas! time out surtiu efeito imediato, com o Benfica, focado, vigilante e na raça a saltar para a frente e a fazer o 21-15. Implacável! Oito pontos consecutivos… Até ao final, o SC Espinho acreditou sempre, lutou muito, mas o Benfica (que utilizou todos os jogadores) foi dono e senhor deste jogo! 25-21 no 3.º set, 3-0 convincente no jogo… e a 9.ª Supertaça do palmarés!

Está ainda mais rico o Museu Benfica – Cosme Damião!

SL Benfica- SC Espinho, 3-0

FICHA 
LocalPavilhão Multiusos de Gondomar
Formação do BenficaRapha, Peter Wohlfi, Hugo Gaspar, Marc Honoré, Tiago Violas, Japa e Ivo Casas (L)
SuplentesMiguel Sinfrónio, André Lopes, Afonso Guerreiro, Theo Lopes, Zelão, Nuno Pinheiro e Bernardo Silva (L) 
1.º set25-16
2.º set25-17
3.º set25-21

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.