Corinthians depende de Vieira para antecipar pagamento de Pedrinho

Contratado em março passado, Pedrinho está desde finais de julho integrado no plantel do Benfica, mas o Corinthians continua sem receber os valores da sua transferência. O empresário do jogador, Will Dantas, revelou o que está a dificultar o processo.

«Falei com o Bruno, que é empresário e meu parceiro em Portugal, disse-lhe que isto não é vender um jogador em março e não receber. Mas ele explicou que apenas falta a assinatura do presidente do Benfica, que o banco exigiu uma série de coisas para liberar esse crédito. O que me passou é que o banco já aprovou tudo e que a documentação está na mesa do presidente. Se ele não assinou ontem, assinaria hoje para liberar o dinheiro», disse, em declarações à Fox Sports Rádio.

«A primeira parcela seria em julho ou agosto, mas o Corinthians resolveu devolver o Yony e fizeram um novo acordo, no qual o Benfica pagaria uma parcela no ano que vem. O Corinthians está a tentar antecipar o dinheiro, mas, para que isso fosse feito, o banco exigiu várias coisas. O Benfica não tem nada a ver com isso, mas creio que sexta-feira, o mais tardar segunda, o Corinthians consiga receber o dinheiro e acaba essa novela», vincou.

Will Dantas reiterou ainda que «a venda do Pedrinho não teve nada a ver com o Yony». «O Corinthians vendeu o Pedrinho ao Benfica, e o Benfica vendeu o Yony ao Corinthians, que não pagou e veio a confusão. Por isso, abateu-se 2 milhões», explicou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.