O voleibol em destaque na News Benfica pelo “compromisso e entrega”

Está a ser um início de temporada dentro daquilo que a nossa equipa de voleibol nos tem habituado nos últimos anos. Apesar de todas as contingências vividas nos últimos meses por causa da pandemia, o grupo de trabalho manteve-se – e mantém-se – sempre focado e consciente das suas responsabilidades.

O que aconteceu na última quarta-feira – vitória sobre o Sporting nas meias-finais da Supertaça – demonstra bem a fibra da equipa técnica e dos atletas que o Sport Lisboa e Benfica tem ao seu dispor no voleibol.

Perante um adversário que se reforçou bastante para a nova temporada, a nossa equipa conseguiu uma reviravolta extraordinária num exemplo de enorme entrega nos diversos momentos do jogo. Num encontro que fora adiado por causa de casos de COVID-19 no Sporting, a equipa respondeu bem à chamada e garantiu a presença na tão desejada final da Supertaça da modalidade, marcada para o próximo dia 21 de outubro, frente ao SC Espinho. Será o primeiro troféu em discussão e que o grupo pretenderá trazer para o Museu Benfica – Cosme Damião.

A caminhada do voleibol prossegue este fim de semana com mais uma jornada dupla para o Campeonato Nacional. No sábado há desafio marcado com o Clube K na Luz, seguindo-se uma curta deslocação ao Clube Nacional de Ginástica no domingo. São mais dois jogos para lutar pela vitória e afinar cada vez mais a máquina para o que aí vem.

Além do Campeonato e da Supertaça, haverá a Taça de Portugal e, em novembro, o início do percurso na edição 2020/21 da Challenge Cup, prova europeia na qual marcámos presença na final em 2014/15.

Para esta nova temporada, a equipa técnica liderada por Marcel Matz conta apenas com um reforço, o líbero Bernardo Silva, ex-Caldas. A manutenção da esmagadora maioria dos atletas e o seu respetivo compromisso com a instituição são alguns dos pontos que contribuem para que os resultados positivos sejam uma realidade nestas últimas épocas.

Não esquecer também a integração de jovens atletas da Formação nos trabalhos da equipa, como são os exemplos de Eduardo Brito (central), Nuno Marques (zona 4) e Francisco Leitão (distribuidor). Numa modalidade que conta com mais praticantes na região norte do país, o Sport Lisboa e Benfica continua a ser um exemplo na hora de formar jovens para o futuro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.