Reforço de peso para o basquetebol do Benfica

O Sport Lisboa e Benfica informou que assegurou a contratação da internacional portuguesa Laura Ferreira para a sua equipa sénior de basquetebol feminino. Em declarações exclusivas ao Site Oficial, a atleta elogiou as condições do Clube e a forma de trabalhar do treinador Eugénio Rodrigues.

Quando faltam poucos dias para o arranque da Liga Feminina, a equipa de basquetebol passa a contar com uma das grandes referências da modalidade. Em termos de clubes, Laura Ferreira iniciou a carreira no ESA Amadora (entre 2006 e 2010) e rumou depois ao GDESSA-Barreiro, clube no qual se destacou e foi MVP Nacional em 2013.

Em 2014, a extremo portuguesa foi jogar para a Universidade de South Florida (2014 a 2019). Após cumprir cinco épocas nos Estados Unidos da América, a última temporada foi ao serviço das espanholas do Al-Qazeres.

Laura Ferreira é internacional desde as camadas jovens – representou a Seleção de Sub-16 a partir de 2010 – e ajudou a equipa principal a subir três vezes de divisão, destacando-se as classificações históricas do 6.º e 9.º lugares. Em 2019, a basquetebolista fez parte da Seleção que conquistou o 3.º lugar no Campeonato Mundial Universitário, em Nápoles.

Laura Ferreira Benfica Basquetebol Feminino

Com uma média de 8.9 pontos, 4.1 ressaltos, 2.2 assistências e 1.8 roubos de bola em 73 jogos na Liga Feminina, Laura Ferreira foi uma das escolhas para integrar o melhor cinco da década (2010-2020) da Federação Portuguesa de Basquetebol.

Agora, com 25 anos e com uma respeitável experiência internacional, Laura Ferreira está pronta para este novo desafio. “Aceitei a proposta do Benfica por ser um clube com uma boa infraestrutura, que tem a capacidade de ajudar as jogadoras em todos os aspetos que influenciam a performance dentro de campo. Também por já ter trabalhado com o Eugénio [Rodrigues] e conhecer o seu estilo de jogo. Por fim, fica a cinco minutos da minha casa e consigo ter o reconfortante apoio familiar que já não tinha há muito tempo”, explicou a nova jogadora.

O facto de conhecer bem o líder da equipa técnica foi importante para este regresso a Portugal, tal como aprofundou sobre a sua escolha de ingressar no Benfica. “Sim, sem dúvida. O treinador é um elemento crucial na escolha da equipa, pelo menos para mim. Gosto muito de treinar e preciso de escolher um treinador que trabalhe a sério, que seja dedicado e que nos ajude a evoluir como jogadoras e como equipa. Já fiz quatro europeus de Sub-20 com o Eugénio e sempre apresentámos grandes resultados que provêm de muito trabalho e da forma de estar e de ser do treinador”, realçou.

Laura Ferreira Benfica Basquetebol Feminino

Sobre a experiência adquirida no estrangeiro, Laura Ferreira destacou que foi importante para a sua evolução a vários níveis.

Estes anos foram muito enriquecedores e fizeram-me crescer como jogadora em vários aspetos, mas mais na parte mental e de superação. Estar longe da família e dos amigos não é fácil, especialmente quando temos de nos adaptar a culturas muito diferentes da nossa. O nível em campo também é mais elevado, o que leva a ser um desafio constante e que requer muita força mental para conseguir superá-los”, vincou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.