News Benfica dá destaque ao arranque da Liga NOS

O jogo do Benfica no reduto do Famalicão, agendado para amanhã, sexta-feira, dia 18, às 19 horas, marcará o início da 87.ª edição do Campeonato Nacional, em que o Benfica procura conquistar o seu 38.º título nacional, o sexto em oito temporadas.

Na contabilidade dos títulos, o Benfica lidera com 37, enquanto FC Porto, 29 vezes, Sporting, 18, Belenenses e Boavista, uma cada, foram os restantes campeões nacionais na já longa história da Primeira Divisão de futebol, iniciada em 1934/35.

A presente edição da Liga tem algumas novidades relativamente às anteriores, destacando-se o número de equipas que terão acesso às competições europeias na época seguinte e a alteração do modelo de promoções/despromoções.

Fruto do sexto lugar de Portugal no ranking europeu de clubes, o campeão e vice-campeão voltarão a ter presença garantida na fase de grupos da Liga dos Campeões (o Benfica ocupou uma das duas primeiras posições em 66 das 86 edições). O terceiro classificado terá também a oportunidade de chegar a essa fase da prova máxima do futebol europeu, tendo de disputar duas eliminatórias. O vencedor da Taça de Portugal participará na Liga Europa, sendo que os 4.º e 5.º classificados da Liga NOS integrarão a Liga Conferência, que estreará em 2021/22.

Relativamente às subidas e descidas, último e penúltimo classificados serão despromovidos à LigaPro e o antepenúltimo classificado terá de disputar um play-off, em duas mãos, com o terceiro classificado da LigaPro para adquirir o direito de participar na Primeira Divisão na época seguinte.

Outra novidade da Liga NOS será a participação de dois clubes do Algarve, algo que já não acontecia desde 2010/11. O Portimonense, desta feita, será acompanhado pelo Farense, que havia participado, pela última vez, na Primeira Divisão, em 2001/02.

Serão três os clubes da região de Lisboa (Benfica, Sporting e Belenenses, SAD), haverá um representante da Associação de Futebol de Viseu, o Tondela, o Marítimo e o Nacional, da Madeira, o Santa Clara, dos Açores, e os restantes clubes distribuem-se entre as associações do Porto (Boavista, FC Porto, Paços de Ferreira e Rio Ave) e Braga (Braga, Famalicão, Gil Vicente, Moreirense e V. Guimarães).

Uma curiosidade sobre a Liga NOS 2020/21 será saber quem sucederá a Vinícius como melhor marcador. Na temporada passada, o nosso avançado foi o máximo goleador, com 19 golos, depois de Seferovic e Jonas, nas duas épocas anteriores. O Benfica é o clube com mais líderes do ranking de goleadores em cada temporada, destacando-se Eusébio, vencedor deste prémio individual sete vezes, o máximo em Portugal. Segue-se, entre os benfiquistas, José Águas, melhor marcador em cinco edições.

Com a ambição de sempre, partimos para este Campeonato com um único objetivo: ganhar o 38!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.