News Benfica e o desejo de “voltar a ganhar” com Jesus

Hoje, às 17 horas, no Benfica Campus, será apresentado Jorge Jesus, com a presença e intervenções do Presidente Luís Filipe Vieira e do administrador da Benfica, SAD, Rui Costa.

A temporada que findou no passado sábado ficou claramente aquém dos objetivos definidos, impondo-se, assim, um fim de ciclo e o início de outro. A obtenção de apenas um troféu numa época, caso não se trate do Campeonato Nacional, é escasso pecúlio para um clube como o Benfica.

É certo que conquistámos cinco Campeonatos nas últimas sete temporadas, incluindo o inédito Tetra, um feito que há muitas décadas perseguíamos e finalmente conseguimos. Nestas sete épocas, vencemos 15 dos 28 troféus em disputa, mais de metade, ou seja, mais do que o total agregado de todos os nossos adversários.

Porém, o percurso da nossa equipa, em 2019/20, não esteve à altura dos pergaminhos do Clube, saldando-se muito abaixo das expectativas, as quais eram legítimas e consonantes com o elevado investimento feito e com a ambição de todos os Benfiquistas.

Queremos ganhar sempre, nunca nos acomodamos nem viramos a cara à luta. Damos o melhor de nós para contribuirmos para o acréscimo de títulos e troféus ao nosso vasto e glorioso palmarés. E, felizmente, reabituámo-nos a vencer regularmente, algo que não acontecia desde a década de oitenta do século passado, o que muito nos orgulha e satisfaz, mas ainda mais nos responsabiliza.

Não surpreende, portanto, que, no final de uma época em que vencemos somente a Supertaça, se tenha decidido enveredar por outro caminho, não obstante o destino pretendido – ganhar, ganhar e ganhar – se mantenha.

Impunha-se uma reação rápida à derrota e ela aí está, com o regresso de Jorge Jesus para iniciar um novo ciclo.

Trata-se de um técnico indiscutivelmente competente com provas dadas em vários clubes, nomeadamente no Benfica, pelo qual se sagrou Campeão Nacional três vezes, celebrando o Bicampeonato benfiquista 31 anos depois do anterior.

Temos os olhos postos no futuro, sabendo que contaremos com um grande treinador à frente do nosso plantel, o qual será muito bem apetrechado certamente. Sofrido um desaire, exige-se sempre uma resposta à Benfica, não tendo nós a mínima dúvida de que esta será dada o mais adequada e célere possível.

Nos últimos anos voltámos a ser, no futebol português, o Benfica que ganha mais do que perde. É este Benfica que queremos continuar a ser já na próxima temporada. #PeloBenfica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.