Jorge Jesus apresentado com promessa: “Vamos jogar o triplo”

Jorge Jesus, novo treinador da equipa de futebol profissional do Sport Lisboa e Benfica, foi apresentado no Benfica Campus às 17h00, com a presença do Presidente Luís Filipe Vieira. Veja ou reveja aqui o momento e todas as declarações.

Num curto discurso dirigido a Jorge Jesus, Luís Filipe Vieira lançou a apresentação do novo treinador do Benfica.

«Hoje começa um ciclo novo no Benfica. Estamos aqui os três (Luís Filipe Vieira, Rui Costa e Jorge Jesus), juntos de novo. Todos somos bairristas e o Benfica é o povo. Iremos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para que a família benfiquista seja feliz nos próximos anos. Iremos ter grandes dificuldades, mas temos a certeza de que, se o Benfica se estiver e bem a conquistar tudo o que tem para conquistar, que a maioria do País será feliz. Desejamos-te as boas vindas, esperamos ter a hegemonia total e completa no futebol português e queremos ganhar na Europa. Esse é o nosso sonho. Quero desejar-te as maiores felicidades. Pode contar comigo e com todos os benfiquistas», disse o presidente do clube no início da apresentação oficial de Jorge Jesus.

Seguiu-se Rui Costa, dirigente do clube, num discurso também dirigido ao novo treinador: «Podia fazer minhas as palavras que tive em 2010. Benvindo neste regresso a casa e que tenhas o maior sucesso do Mundo – o teu sucesso será o nosso e de todos os benfiquistas. Abrindo este ciclo, que consigas aumentar o número de troféus que conseguiste conquistar no Benfica. Conheces toda a estrutura. Cá estaremos para te dar todo o apoio e para que no final de cada ano possamos festejar com os nossos adeptos todos os títulos que iremos alcançar. Benvindo, Jorge.»

Discurso de Jorge Jesus durante a apresentação oficial como treinador do Benfica.

«Quero agradecer ao presidente por voltar a acreditar no meu trabalho, na minha competência e da minha equipa técnica. Acredito a 100 por cento no projeto do presidente e no projeto para a equipa. A todos os benfiquistas quero expressar o seguinte: vim para ganhar, estou habituado a ganhar, mas também vim para unir a nação benfiquista. É importante que todos percebam o que está escrito (no símbolo) por cima da águia: um somos todos (E pluribus unum). Vim, tal como na primeira vez, com a mesma vontade de ganhar, com a convicção de que venho para um clube que pode proporcionar a um treinador esses objetivos. É isso que estou determinado a fazer, voltar a ganhar coisas importantes.»

«Não vim para me reformar. O presidente ofereceu-me quatro anos de contrato. Eu disse ‘não, quero apenas um’. Ele disse: ‘dois anos, pelo menos’. E assim ficou. Não vim para melhorar o meu ordenado, vim ganhar menos do que ganhava no Flamengo. Vim porque acredito no projeto que tem todas as condições para fazer do Benfica grande, para recuperar o prestígio internacional que teve durante muitos anos, para voltarmos a ganhar todos os troféus que conquistámos. Vim com essa convicção e certeza – não serei o salvador, o salvador seremos todos os benfiquistas.» 

“Se o Benfica não jogar o dobro, voltamos a não ganhar. Temos condições para fazer uma equipa muito grande. Com o elenco que teremos não vamos jogar o dobro, vamos jogar o triplo.”

“Ferrari? Foi um objetivo que coloquei com a qualidade desta equipa. Importante agora é falar do presente, passado é museu. Formação? Todos os clubes em Portugal têm de apostar na formação. As equipas portuguesas são vendedoras e têm de formar. Mas se vendermos os melhores portugueses, como teremos uma boa equipa? Não tens. Vamos voltar à política que teve comigo. Formação e procura de novos jogadores fora de Portugal, numa união de qualidade. Foi a ideia que nos levou a êxitos.”

“Porque saí do Brasil? Só um clube me podia tirar do Brasil. Gosto de desafios difíceis. Para sair de onde saí, onde me amavam, era preciso novo desafio e foi isso. Presidente foi ao Brasil convencer-me que este era o projeto certo para eu continuar.”

“Saí do paraíso? Agora vou tentar conquistar outro paraíso. Estamos convictos que temos capacidade para fazer um grupo e uma equipa muito forte. Não vim para o Benfica, como vi em jornais, fazer revolução. Vou mudar conceitos e ideias com os jogadores e estrutura que estão cá. Vou tentar que possamos fazer uma equipa muito forte para no fim do ano dizer ‘voltei ao paraíso’. Este novo ciclo, passados 10 anos, não sou o mesmo treinador quando saó. Acho que sou muito mais treinador do que quando saí do Benfica, com ideias mais valorizadas para o Benfica e para Portugal. Quem tem de ser o pioneiro e liderar a linguagem tem de ser o Benfica”

“Críticas dos adeptos? O que prometo? Só posso prometer aos adeptos é o meu trabalho e não estou a chegar como há 10 anos mas sim com muitos títulos que muitos ajudaram a ganhar. Hoje no Mundo sou conhecido. Agradeço a Benfica, Flamengo mas também pela minha capacidade de trabalho. Acredito que vou dar alegrias. No outro lado do Atlântico ninguém acreditava em mim e quando saí choraram. È o que vou tentar fazer agora.”

Novo treinador do Flamengo a ser apresentado agora. O que acha do substituto? “Percebo a pergunta… não tenho de dar conselhos, ele saberá o que fazer e os jogadores vão ajudar. Desejo-lhe as maiores felicidades.”

“Títulos europeus? “O grande primeiro objetivo será o campeonato. Depois recuperar o prestígio internacional. Benfica no meu tempo chegou a duas finais, que fizeram com que fosse mais conhecido por chegar lá. Esse é o caminho, um Benfica internacional a jogar na Europa à Benfica. Vamos tentar uma equipa muito forte. Queremos ganhar tudo, pois estou habituado a ganhar tudo. E queremos chegar a títulos internacionais e prometo confiança, compromisso, todos os adeptos unidos pela causa Benfica, não pela causa Jesus. Sou treinador de futebol, não sou de nenhuma equipa. Ponham isso na cabeça. Agora trabalho nas equipas com paixão e morro por elas.”

“O que mudou para voltar? “Não há dúvida que os projetos são assim, fazem-se e desfazem-se. Quem toma decisões, tem de saber o que quer. Futebol é assim.O novo ciclo do Benfica é com um projeto muito mais vencedor.”

Cavani e Flamengo? “Temos falado internamente em relação à equipa. Acreditamos que temos capacidade para entusiasmar os grandes jogadores para virem jogar no Benfica com objetivo bem definido. Não importa falar em nomes mas trabalhar para contratar. Sabemos os alvos que queremos e onde podemos chegar. Temos de estar conscientes dos jogadores que temos de contratar. Temos um leque de jogadores que vai continuar, que tem muito valor. E com outros vamos fazer uma grande equipa, vamos arrasar”

«Perdoem-me falar disto, mas venho de um grande clube [Flamengo], que se uniu à volta do seu treinador e da equipa e, por isso, ganhámos grandes títulos internacionais. Ao Flamengo agradeço do fundo coração pela forma como me trataram, a amizade e amor que mostraram por mim. É um clube com 50 milhões de adeptos. Para vir para o Benfica era preciso uma causa muito grande, e vim. Estou cá para voltar a ganhar. Com este presidente e com os benfiquistas todos unidos. Esse é o meu propósito para voltar ao Benfica.»

Ainda antes da apresentação do treinador, e num curto comunicado enviado à CMVM, o Benfica confirmou a contratação de Jorge Jesus. O treinador assinou um contrato válido por duas temporadas.

Leia o comunicado na integra:

«A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que acabou de formalizar o acordo para a contratação do treinador Jorge Jesus, ao abrigo de um contrato de trabalho desportivo para vigorar nas próximas duas épocas desportivas.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.