Nélson Veríssimo: “É a equipa que temos”

O treinador interino do Benfica, Nélson Veríssimo, reconheceu na flash interview que os encarnados sentiram grandes dificuldades após terem ficado em vantagem numérica.

«Na primeira parte foi equilibrado. A partir do momento que o FC Porto ficou com menos uma unidade tivemos mais dificuldade em encontrar caminhos, mas também devido ao posicionamento defensivo do adversário. Não fizemos o jogo que queríamos, mas há a salientar que, mesmo em desvantagem, fomos à procura de reduzir e conseguimos. Ainda tivemos uma bola no poste, mas acabámos por não conseguir o empate. Deveríamos ter tido um pouco mais de calma e lucidez, mas o FC Porto, com menos um jogador, também tapou mais os caminhos», disse na flash interview da RTP.

Veríssimo deixa agora a equipa para Jorge Jesus, mas garante que sentiu sempre os jogadores focados. «Senti sempre a equipa focada nos objetivos jogo a jogo. Em momento algum senti a equipa prejudicada», atirou. «Como deixo a equipa para Jesus? É a equipa que temos…», finalizou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.