News Benfica destaca o regresso em força das modalidades

O regresso das modalidades de pavilhão ao ativo está a intensificar-se por estes dias, com muitos atletas a manterem já a sua forma física nas instalações do Sport Lisboa e Benfica.

No andebol, os treinos coletivos vão começar no dia 3 de agosto, mas já há um trabalho intensivo a ser desenvolvido durante esta semana – de acordo com as normas de segurança definidas pela DGS – por todos os profissionais que vão representar o Clube nas diversas frentes competitivas. Para a nova temporada desportiva, a equipa conta com seis reforços anunciados, todos com experiência adquirida em grandes campeonatos europeus e, por isso, habituados a altos níveis de competitividade.

Sergey Hernández tem 25 anos, é internacional espanhol e destacou-se como guarda-redes na conceituada Liga ASOBAL. Arnau García, de 26 anos, também já foi internacional por Espanha, reforça a lateral esquerda encarnada e vem de três temporadas no categorizado andebol francês. Com experiência também em França, Matic Suholeznik (25 anos) é internacional esloveno e chega para alinhar na posição de pivô. Para as posições de ponta, foram contratados Ole Rahmel (30 anos) e Mahamadou Keita (25 anos). O primeiro atleta é um nome de referência da seleção da Alemanha, joga no lado direito e atuou durante as últimas três épocas no THW Kiel, um dos colossos do andebol da Alemanha. Keita é internacional pelas camadas jovens de França, atua como ponta-esquerda e traz consigo a experiência de alinhar no competitivo campeonato gaulês. O central Lazar Kukic (24 anos) foi o último nome a ser oficializado, é internacional sérvio e chega com experiência no andebol espanhol.

Destacam-se ainda as renovações já conhecidas de Paulo Moreno, João Pais e Bélone Moreira, todos atletas importantes, assim como outros elementos do grupo de trabalho, para uma integração que se espera de sucesso dos novos rostos para a época 2020/21.

Depois do andebol, o hóquei em patins e o futsal serão as equipas que voltarão ao trabalho. Os índices de competitividade estão assegurados em ambas, com o hóquei em patins – que era líder do Campeonato 2019/20 aquando da paragem por causa da pandemia – a manter a sua base. Já foi anunciado o regresso de Danilo Rampulla (avançado de 21 anos) e a continuidade do capitão Valter Neves, que vai para a 17.ª temporada ao serviço do Clube.

No que respeita ao futsal, além das renovações de Diego Roncaglio, Robinho, Fits e Tiago Brito, já foram oficializadas a chegada dos internacionais Nílson (fixo português de 28 anos) e Arthur (ala brasileiro de 26 anos). Sublinhe-se a integração dos jovens da Formação Silvestre Ferreira e Martim Figueira num plantel que estará pronto para corresponder aos pergaminhos do Clube.

No voleibol, a aposta no trabalho que vinha a ser desenvolvido é clara. A pandemia até pode ter travado o trajeto brilhante que a equipa estava a fazer – era líder invicta do Campeonato e estava na fase decisiva da Taça de Portugal –, mas não impediu que a estrutura fosse mantida para perseguir mais conquistas. O treinador Marcel Matz prolongou a sua ligação com o Clube, tal como os atletas Hugo Gaspar, André Lopes, Zelão, Rapha, Marc Honoré, Tiago Violas e Afonso Guerreiro.

O basquetebol, por seu turno, assegurou a permanência da base portuguesa que tinha para a época que se avizinha. As renovações de Arnette Hallman, Fábio Lima e José Silva foram oficializadas e mais novidades – além do já conhecido reforço Scottie Lindsey (extremo de 23 anos) – serão comunicadas até ao início oficial, com a certeza de que será um grupo ambicioso para atacar 2020/21.

O desporto feminino foi e continuará a ser um foco do Clube e as renovações recentes no caso do futsal mostram que as atletas estão em sintonia com a aposta que tem sido feita na modalidade. As capitãs Inês Fernandes, Ana Catarina e Sara Ferreira são referências a nível nacional e internacional, assumindo um papel muito importante na transmissão dos valores para as mais novas. Destacar as renovações também já conhecidas de Maria Pereira e Beatriz Sanheiro e a contratação da jovem internacional Sub-19 Leninha (ala de 18 anos).

O hóquei em patins irá partir com o objetivo de manter a hegemonia na modalidade, tendo já garantido a aquisição da internacional argentina Flor Felamini (avançada de 22 anos), além das jovens de 17 anos Rita Albuquerque (guarda-redes) e Catarina Pedro (avançada). Nota especial ainda para a integração de Inês Severino (defesa/médio), de 14 anos, no plantel sénior.

No voleibol, a equipa irá lutar pela subida ao escalão principal em setembro e já assegurou a internacional portuguesa Neusa Neto (central de 26 anos) para a nova época. Haverá mais novidades durante o próximo mês, tal como no andebol e no basquetebol, sendo que nesta última modalidade já foi anunciada a contratação do treinador Eugénio Rodrigues.

Em suma, apesar de todo o contexto provocado pela COVID-19, o Clube apetrechou – e está a apetrechar – as suas equipas de pavilhão para que estas lutem pelos triunfos nas várias competições.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.