“João Félix? Há que saber preservar uma das joias da última geração”

A primeira época de João Félix ao serviço do Atlético Madrid tem sido pontuada por altos e baixos, propiciando duras críticas mas também elogios ao internacional português de 20 anos. Germán Burgos, de saída da equipa técnica liderada por Diego Simeone, deixa o alerta: há que saber preservar «uma das joias da última geração de jovens talentos.»

«João Félix e Lemar? Temos a nossa ideia de jogo e o jogador que chega tem de adaptar-se. Conseguir uma ideia e, sobretudo, desenvolvê-la durante tantos anos é o mais difícil. Aconteceu o mesmo com Griezmann e outros que tiveram de jogar com o coração. É isso que se pede ao grupo: ir do individual para o coletivo», começou por salientar o argentino, em entrevista concedida ao El País, antes de ser confrontado com o facto de Félix não ter voltado a ser opção no lado direito do ataque dos colchoneros, desde que se queixou do posicionamento dele em campo.

«São escolhas. Temos um jogador excecional e temos de lutar para não o perder, porque este rapaz é uma das joias da última geração de jovens talentos. Tentamos recuperá-lo para que esteja bem», sublinhou Burgos.

Sobre a propensão, por muitos considerada excessiva, do antigo jogador do Benfica para visar a baliza: «São dados individuais, mas e se faz golo? Não o podemos limitar, é um avançado.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.