Conselho de Disciplina volta a castigar Luz à porta fechada

O Estádio da Luz foi interditado com dois jogos à porta fechada pela secção não profissional do Conselho de Disciplina. O Benfica já foi notificado desta decisão, que teve por base o jogo da Taça de Portugal frente ao Sp. Braga, realizado a 18 de dezembro de 2019.

Em causa está, como tem acontecido em outros casos, o apoio dado a claques ilegais. A secção não profissional do Conselho de Disciplina considerou que nesse jogo ficou demonstrada a concessão de apoios e facilidades aos GOA No Name Boys e Diabos Vermelhos.

A decisão é agora passível de recurso para o TAD, o qual tem efeitos suspensivos, ao ser acompanhado de uma providência cautelar. É isso que o Benfica vai fazer nos próximos dias, de acordo com uma fonte do clube à Agência Lusa. Aliás, tem sido essa a resposta das águias aos outros castigos de interdição do Estádio da Luz.

Recorde-se que na passada quinta-feira o TAD anulou uma interdição de cinco jogos ao Estádio da Luz por considerar que a competência para julgar os apoios a claques ilegais é exclusivo do IPDJ. Nesse sentido, a secção não profissional cita desta feita a Lei 39/2009 para garantir que esta dá à FPF competência para punir nesta matéria em sede disciplinar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.