Nélson Veríssimo fez antevisão ao desafio com o Famalicão

Em conferência de Imprensa realizada no Benfica Campus, Nélson Veríssimo anteviu a partida da 31.ª jornada da Liga NOS, que tem lugar com o Famalicão, às 21h30 desta quinta-feira, dia 9 de julho.

O treinador dos encarnados elogiou a atitude ofensiva do opositor, deu a receita para conseguir a vitória no Estádio Municipal de Famalicão e reiterou que o foco está nos jogos que faltam no Campeonato Nacional e na final da Taça de Portugal, com o FC Porto.

Que ingredientes terá de ter o Benfica para vencer o Famalicão? Como sente o plantel?

Temos de ser uma equipa organizada, competitiva e muito equilibrada. Vamos jogar com um adversário que está a fazer um excelente campeonato, que tem uma forma de jogar com princípios definidos, que gosta de ter bola. Temos de estar bem em todos os momentos do jogo. Vai ser um jogo difícil, mas só pensamos em vencer, e é isso que vamos tentar. Em relação à outra pergunta: a cara de quem vence é melhor do que a de quem perde. Uma vitória traz outra forma de estar no dia a dia de uma equipa profissional, e foi isso que aconteceu connosco.

Que pontos fortes e fracos identifica no Famalicão?

O Famalicão tem uma forma de jogar de equipa grande. Gosta de ter bola, ocupar espaços na amplitude máxima do campo, o que, em alguns momentos, pode desequilibrá-lo, fruto do posicionamento assumido. Foi um dos aspetos que tivemos em conta para explorar. É uma equipa bem organizada, com uma ideia de jogo muito bem definida, coletivamente muito forte, com muita qualidade. Basta olhar para os resultados das outras equipas que já lá passaram, nomeadamente o FC Porto e o Sporting, para antevermos um jogo difícil para nós, mas acreditamos que vamos fazer um bom jogo e lutar pela vitória.

Nélson Veríssimo

“O FAMALICÃO TEM UMA FORMA DE JOGAR DE EQUIPA GRANDE”

O Famalicão é uma equipa balanceada para o ataque e o Benfica tem sofrido golos nos últimos jogos. Espera dificuldades neste aspeto?

Temos de ser uma equipa muito organizada. Sabemos das nossas lacunas e das nossas virtudes. É colmatar as lacunas e potenciar as virtudes. A estratégia está montada por aí.

Entrar em campo depois de o FC Porto jogar [em Tondela] é um fator que pode aumentar a pressão sobre a equipa do Benfica neste desafio com o Famalicão?

Pode não acreditar, mas eu não sabia que o FC Porto joga antes de nós. Isto para lhe dizer que nós sabemos o que temos de fazer. O nosso objetivo passa por ganhar os quatro jogos de Liga que faltam. É com esse espírito que vamos para o jogo de amanhã [quinta-feira]. O nosso foco é, nestes últimos quatro jogos, tentar alcançar quatro vitórias, porque assim a história do Clube o obriga.

O facto de saber que fica até ao fim da época muda algo no treino e na gestão da equipa?

A gestão da equipa é feita dia a dia e jogo a jogo, em função das lesões e do momento. Já estive integrado numa equipa técnica que tinha uma forma de trabalhar e uma ideia de jogo com as quais me identificava. Obviamente que a linha de raciocínio é a mesma, mas com dinâmicas que possam ser implantadas em função do adversário e dos jogadores à disposição.

Nélson Veríssimo

“O NOSSO FOCO É, NESTES ÚLTIMOS QUATRO JOGOS DA LIGA, TENTAR ALCANÇAR QUATRO VITÓRIAS”

Vai tentar implantar um cunho pessoal na equipa para os jogos que faltam?

Já respondi a essa questão. Estava numa equipa técnica que tinha uma ideia de jogo e uma forma de treinar com as quais me identificava. Relembro que estamos a quatro jogos do fim do Campeonato e há a final da Taça de Portugal…

Pode ficar como treinador principal na próxima temporada?

Essa questão não foi colocada e neste momento não faz sentido. Foi-nos colocada uma tarefa de orientar a equipa nestes jogos que faltam, até à final da Taça. O foco tem de estar apenas aí. E é nisso que toda a estrutura técnica está focada.

Diogo Gonçalves, emprestado ao Famalicão, pode voltar ao Benfica, este é, pelo menos, um cenário que tem sido noticiado. Vê-o como extremo ou como lateral-direito?

Não sei se vem, sinceramente, e não seria correto da minha parte estar a falar da próxima época. A minha missão, juntamente com as pessoas que me acompanham, é ir até ao final da época. Aquilo que posso dizer relativamente ao Diogo, porque foi nosso jogador na Equipa B, é que tem muita qualidade e que está a fazer uma boa época desportiva. Veremos o que futuro reserva.

Nélson Veríssimo

“A MELHOR SOLUÇÃO PARA O BENFICA É GANHAR AO FAMALICÃO”

Estes quatro jogos que restam no Campeonato podem servir para preparar já a equipa tendo em vista a final da Taça de Portugal?

Não, estes jogos vão servir para analisar a equipa adversária e o próprio momento da nossa equipa e, jogo a jogo, tentar melhorar os aspetos que entendemos que há para melhorar. Até à final da Taça de Portugal temos quatro jogos pelo meio. A seu tempo teremos a preocupação de preparar a final da Taça. Prioritários é o jogo de amanhã [quinta-feira], depois o jogo com o V. Guimarães, etc.

Jorge Jesus foi apontado ao Benfica. Gostava de ficar na sua equipa técnica?

Essa não é uma área de intervenção minha. O que me interessa são os jogos que nos faltam na Liga NOS, mais o jogo da final da Taça de Portugal com o FC Porto.

Acredita que Jorge Jesus pode ser uma boa solução para a equipa, tendo em conta que há jogadores no plantel que o conhecem?

Percebo as questões sobre o míster Jorge Jesus, mas a boa solução para o Benfica é ganhar amanhã [quinta-feira]. Não é uma questão da minha competência e não me cabe estar aqui a tecer algo sobre esse assunto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.