Pochettino terá rejeitado 5 milhões limpos para vir já para o Benfica

podcast escocês Transfer Window deu, na sua emissão de quarta-feira, espaço à análise da aproximação feita por Luís Filipe Vieira a Mauricio Pochettino na última semana. O treinador argentino está sem trabalho desde que foi despedido do Tottenham em novembro de 2019 e o presidente encarnado fez contatos exploratórios para aferir a possibilidade de vir a suceder a Bruno Lage no comando da equipa do Benfica.

De acordo com o que é relatado, o líder das águias terá pressionado Pochettino para que pegasse na equipa desde já a fim de tentar «salvar» a temporada, numa altura em que as águias estão, a cinco jornadas do final do Campeonato, a seis pontos do FC Porto, com quem vão, também, disputar a final da Taça de Portugal.

A abordagem a Pochettino terá sido feita por um empresário mandatado para o efeito e Luís Filipe Vieira colocou ao dispor do antigo técnico do Tottenham, que marcou presença na final da Liga dos Campeões da época passada, milionário ordenado na casa dos cinco milhões de euros limpos por ano. No imediato, o argentino, 48 anos, não rejeitou pensar no assunto e ter-se-á até mostrado «interessado» no projeto apresentado. Porém, a disponibilidade para terminar a época foi nula e terá sido esse o fator determinante para quebrar as negociações. Pochettino pretendia assumir o cargo apenas para 2020/21 e não «amanhã».

No mesmo podcast refere-se que, com as eleições para a presidência à porta, Luís Filipe Vieira quer contratar um treinador «reconhecido mundialmente».

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.