PSP varre criminalidade no seio dos NN Boys

Em conferência de Imprensa realizado a meio da manhã desta quinta-feira, a Polícia de Segurança Pública explicou os contornos da operação lançada em torno de membros da claque No Name Boys.

O comissário Bruno Pereira confirmou que foram detidas seis pessoas, com idades compreendidas entre os 22 e 33 anos, explicando que a operação resultou de uma investigação levada a cabo desde maio do ano passado por «factos cometidos por indivíduos ligados aos No Name Boys. Foi ainda detida uma outra pessoa, na noite de quarta-feira, que não estava diretamente ligada à investigação, mas que foi apanhado em flagrante delito, na posse de uma arma e de estupefacientes.

Em causa estão factos cometidos em estádios de futebol, nomeadamente agressões a agentes de autoridade e também a adeptos rivais, não só de clubes portugueses, mas também ações planeadas e realizadas na via pública. «Falamos de agressões múltiplas, em que as vítimas ficaram extremamente debilitadas, chegando a correr em risco de morte», disse o comissário, revelando, por exemplo, que foram encontrados «manuscritos com elementos de identificação relacionadas a jornalistas, pessoas com cargos de direção em clubes e comentadores televisivos».
 

Os detidos serão presentes sexta-feira ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, pelo que só então serão conhecidas as medidas de coação a que estarão sujeitos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.