Saiba porque Lage insiste em dizer que “todos contam”

A atacar ou na pressão sobre a bola, o Benfica foi uma equipa no verdadeiro sentido da palavra na 27.ª jornada da Liga NOS, em Vila do Conde. Os factos e os dados estatísticos reunidos pelo Site Oficial ajudam a explicar importante vitória.

Um golo de Seferovic e outro de Weigl resultaram na reviravolta e no triunfo diante do Rio Ave (1-2). Tal como referiu o treinador Bruno Lage na conferência de Imprensa após o desafio, “houve uma grande intensidade durante todo o jogo”, com um plantel em que “todos contam” e que lutou até ao fim pelos três pontos.

No terceiro jogo da época frente aos vila-condenses, o Benfica ganhou pela terceira vez, a segunda através de uma virada no marcador. Esta foi a quarta “remontada” do Benfica em 2019/20, todas por 2-1. Moreirense, Santa Clara e CD Aves foram as outras “vítimas”.

Gráficos Benfica

O Site Oficial, através dos sites estatísticos GoalPoint, Sofascore e Wyscout, encontrou vários dados – coletivos e individuais – que valorizam ainda mais a exibição benfiquista e ajudam a explicar a justeza da vitória.

Com ADN de ataque, os encarnados foram os mais rematadores, fizeram mais passes e tiveram maior percentagem de posse de bola. Dos 16 tiros à baliza defendida por Kieszek, 12 ocorreram dentro da grande área. Com 53 por cento de posse de bola, o Benfica terminou a partida com 80 por cento de eficácia de passe (360 em 451), sendo que no passe vertical o acerto ficou nos 60 por cento e em 53 por cento no passe longo (25 em 47). Os comandados por Bruno Lage fizeram ainda 69 passes para o último terço do terreno de jogo, com 61 por cento de eficácia.

Com bola, o Benfica tentou sempre atacar pelos três corredores para criar desequilíbrios no adversário. Com dois laterais bem subidos no terreno (Tomás Tavares e Nuno Tavares), o cruzamento foi uma das armas utilizadas – e um deles deu em golo – para levar perigo à área do Rio Ave.

Gráficos Benfica

O Campeão Nacional terminou o desafio com 31 cruzamentos tirados e 10 pontapés de canto conquistados. Foi, aliás, através deste lance de bola parada que o 1-2 apareceu.

A turma da Luz destacou-se, igualmente, em termos defensivos, nomeadamente na hora de cortar os caminhos da construção ofensiva ao Rio Ave. No total, foram 85 recuperações de bola.

Rio Ave-Benfica Liga NOS

Quarteto defensivo Made in Benfica e “com música”…

As ausências de JardelAndré Almeida e Grimaldo “obrigaram” Bruno Lage a protagonizar um quarteto defensivo totalmente formado no Benfica Campus e… bastante jovem. Rúben Dias e Ferro, ambos com 23 anos, Nuno Tavares com 20 e Tomás Tavares com 19 foram os homens que escudaram Odysseas.

Os números mostram um comportamento globalmente positivo do sector, com o destaque maior a ter de ser dado a Nuno Tavares. O lateral-esquerdo regressou à titularidade e esteve em bom plano. Para além da assistência para o tento de Seferovic (a terceira na Liga NOS), o dorsal 71 realizou dois alívios, dois desarmes, intercetou um remate, venceu sete dos 13 duelos disputados, driblou dois opositores com sucesso, fez três passes decisivos, criou duas oportunidades de golo e efetuou um remate.

Nuno Tavares deu música no flanco esquerdo, mas não foi o único. Os seus companheiros não lhe ficaram atrás. Rúben Dias terminou o jogo com o Rio Ave com dois alívios concretizados e uma interceção. Conseguiu 89 por cento no passe, sendo que acertou três dos cinco passes longos feitos; Ferro fez cinco alívios, duas interceções e um desarmeVenceu dois em três duelos aéreos e rematou em duas ocasiões; Tomás Tavares teve 81 por cento de acerto de passe (três em cinco no passe longo), efetuou um desarme, quatro cruzamentos e ganhou dois dos três duelos individuais junto ao relvado.

Rio Ave-Benfica Liga NOS

10.ª assistência: Pizzi abriu o laboratório

Sobre Pizzi já começam a escassear os adjetivos. O internacional português voltou a ser decisivo, com novo passe para golo, desta feita através de um lance de bola parada. Aos 87’, com o resultado em 1-1, um canto do lado direito do ataque desbloqueou o resultado a favor das águias. Pizzi marcou de pé direito e Weigl, de cabeça, atirou para o 1-2. Kieszek, guarda-redes do Rio Ave, limitou-se a ver a bola beijar as redes.

Esta foi a 10.ª assistência de Pizzi na Liga NOS, às quais se juntam 15 golos. No jogo, o melhor assistente do Campeonato, para além do passe para golo, juntou cinco passes decisivos, 14 cruzamentos (50 por cento de eficácia), três dribles bem-sucedidos, uma interceção e um desarme à exibição.

Aos 30 anos, Pizzi está a fazer uma época superlativa. Em 43 jogos em todas as provas pelo Benfica, já apontou 27 golos.

Rio Ave-Benfica Liga NOS

Outra vez: Seferovic entra e as redes abanam 

Antes deste golo, o Rio Ave já era a presa preferida de Seferovic. O suíço entrou ao intervalo e, qual canivete, abriu o caminho para o golo, aos 64’. O tento no Estádio do Rio Ave foi o quinto diante dos nortenhos, o terceiro na atual temporada.

O goleador da Liga NOS em 2018/19 não tem deixado tanto a sua marca, mas quando o faz é decisivo. Voltou a sê-lo em Vila do Conde. Dos sete golos apontados, cinco foram na condição de suplente utilizado, e assim aconteceu nesta partida. Porque todos contam, Seferovic entrou bem (46′) e mostrou rapidamente ao que ia. Minutos antes do golo do empate, de cabeça, o avançado rematou à barra da baliza adversária.

O camisola 14 terminou o desafio com 89 por cento de eficácia no passe, fez um passe decisivo, ganhou o único duelo aéreo disputado e executou três remates (um deu golo, outro foi à barra e outro passou a centímetros da baliza).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.