News Benfica realça “vitória importante” mas foco para o Santa Clara

A nossa equipa obteve ontem uma vitória importante no reduto de uma das melhores equipas portuguesas da atualidade, reconhecida pela qualidade do seu jogo e bem classificada.

Tratou-se de um jogo difícil e de um triunfo suado, nomeadamente pelas incidências da partida. Até ao golo vila-condense, precedido de falta não assinalada sobre Dyego Sousa e conseguido por volta dos 25 minutos na primeira oportunidade do nosso adversário, o Benfica dominou sempre o jogo.

Antes e depois desse golo do Rio Ave, a nossa equipa esteve quase sempre melhor do que o adversário, fez 16 remates, dispôs de quatro ou cinco ocasiões flagrantes e ainda viu ser-lhe anulado um tento de Rafa, que deixou dúvidas, demonstrando a muita raça e ambição com que defrontou um valoroso adversário no seu reduto.

O Benfica jogou em Vila do Conde sem três defesas que tinham sido titulares nos últimos jogos: André Almeida, Jardel e Grimaldo. Nos seus lugares jogaram dois jovens de 19 e 20 anos (Tomás Tavares e Nuno Tavares) e ainda Ferro. Demonstraram, todos eles, que a qualidade está lá e Nuno Tavares até acabou por ser decisivo ao fazer a assistência para o golo de empate.

Seferovic e Weigl viriam a ser os autores dos nossos golos, contribuindo decisivamente para uma vitória incontestável. Ganhar era o objetivo da nossa equipa. Conseguiu-o e agora já só está focada no importante embate da próxima terça-feira frente ao Santa Clara. Lance a lance, jogo a jogo, para somar mais três pontos.

Somos ainda obrigados a manifestar a nossa estupefação pela ladainha acerca das duas expulsões de jogadores do Rio Ave. Ninguém, se intelectualmente honesto, poderá colocar em causa a justiça dessas decisões. E, pelo caminho, escamoteia-se o que se passou ao longo dos 90 minutos: o Benfica foi melhor contra 11, contra 10 e contra 9. Em suma, foi sempre melhor.

Esta pressão permanente sobre a arbitragem é inaceitável e ainda mais incompreensível numa jornada em que o erro mais flagrante, de acordo com a generalidade dos analistas, remete-nos para uma grande penalidade fantasma no Aves–FC Porto. Estas táticas são já sobejamente conhecidas, não passam de artimanhas de outros tempos cujos ideólogos ainda andam por aí. Normais e esperadas, portanto.

Mas agora só nos interessa a partida frente ao Santa Clara, conquistar mais três pontos é o objetivo. A preparação para esse jogo será o foco da nossa equipa técnica e jogadores. Acreditamos muito neles e cá estaremos para apoiá-los!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.