Bruno Costa Carvalho acusa Vieira de tornar Benfica numa Venezuela

Um dia depois de anunciar que será candidato à presidência do Benfica, Bruno Costa Carvalho detalhou, esta quarta-feira, os motivos pelos quais decidiu voltar a enfrentar Luís Filipe Vieira nas urnas.

Em comunicado divulgado na rede social Facebook, Bruno Costa Carvalho vinca o objetivo de manter as águias no «primeiro pelotão» do futebol europeu, ao mesmo tempo que contesta a venda jogadores como a única forma de sustentar o clube.

Em relação ao ato eleitoral previsto para o próximo mês de outubro, diz que «seria uma vergonha para o Benfica» se a sua candidatura não fosse considerada válida.

«O Benfica não pode ser uma Venezuela em que na secretaria se eliminam adversários. Toda a gente entende isso. A não aceitação da minha candidatura seria uma vergonha para o Sport Lisboa e Benfica e os atuais dirigentes não se podem comportar como Nicolas Maduro», argumenta Bruno Costa Carvalho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.