E ao 72º dia o plantel viu a Luz

Um regresso a casa. 72 dias depois da última vez em que os jogadores do Benfica pisaram o relvado do Estádio da Luz, o plantel encarnado volta ao palco para, esta manhã, realizar um treino que todos sabem ser diferente do habitual.

Desde 12 de março que o relvado das águias não mais voltou a ser pisado. Nesse dia, Bruno Lage levou o plantel para o estádio para ambientar a equipa à necessidade de realizar o jogo seguinte, com o Tondela, à porta fechada, sem público porque o novo coronavírus começava a assumir proporções sérias e a jornada do fim de semana seguinte iria ser toda ela à porta fechada. No final desse treino surgiu a notícia que já muitos temiam, as competições iriam ser suspensas por tempo indeterminado e toda a gente iria ficar em confinamento em casa para evitar contágios.

Desde então que a casa das águias foi um autêntico estádio fantasma, sem a habitual agitação na zona comercial mesmo em dias sem jogos. Só agora, aos poucos e poucos, a normalidade vai sendo reposta, mas ainda é escassa a movimentação de pessoas no recinto. Esta manhã, pelo menos, ganhará alguma atividade com o regresso dos jogadores a um palco que estão habituados a ver cheio de gente. E esse volta a ser o principal fator para levar o plantel a treinar-se no relvado do recinto encarnado: levar a que os jogadores se adaptem ao silêncio de um estádio sem público. Afinal serão cinco os jogos desta época (Tondela, Santa Clara, Boavista, V. Guimarães e Sporting) que as águias ainda terão de disputar na Luz e sem adeptos nas bancadas.

 Bruno Lage levará, assim, todo o plantel desde o Seixal para a Luz, incluindo os oito jovens provenientes dos escalões de formação que integraram nos últimos dias os trabalhos da equipa principal. Para a grande maioria deles será a primeira vez que vão entrar no balneário e pisar o relvado do estádio onde seguramente todos eles sonham jogar no futuro.

O treinador encarnado prepara-se para realizar um treino essencialmente tático, simulando ao máximo o contexto de jogo a sério. Precisamente para os jogadores se abstraírem da ausência de incentivos provenientes da bancada. Jogar à porta fechada será uma experiência nova para todos, e essa é, assim, uma preparação que a equipa técnica também está a levar em consideração.

Até ao jogo com o Tondela (ontem confirmado para dia 4 de junho, às 19.15 horas), dentro de semana e meia, estão previstos novos treinos no estádio. O de hoje acaba por ter maior simbolismo tendo em conta que marca o regresso, e por isso mesmo obrigou à reativação de serviços (segurança, limpeza, etc.) que há muito estavam parados palco benfiquista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.