NOS deixa de patrocinar a 1ª Liga em 2021

A NOS manifestou a sua intenção de não renovar a parceria celebrada com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LFPF) com efeitos já a partir do final da atual temporada, a época 2020/2021.

“A NOS entende ser oportuno informar da sua intenção de não renovação da parceria que celebrou com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), após o término da época de 2020/2021, materializada no apoio como patrocinador principal e naming sponsor”, escreve a NOS em comunicado.

De acordo com a mesma informação, a operadora de telecomunicações indica que esta decisão resulta de uma avaliação que a empresa tem vindo a realizar há já alguns meses e da qual resultou a conclusão que, após sete épocas, o valor que esta parceria representava para ambas as partes e os objetivos que lhe estiveram subjacentes estarão totalmente atingidos”.

Apesar do término da ligação, a NOS destaca como positivo o “resultado da parceria ao longo das últimas épocas”: “O futebol português, com qual partilhamos os valores de ambição, proximidade e inovação, continuará a merecer um forte envolvimento da NOS, ainda que noutros formatos, e continuaremos a assumir um papel ativo, colaborando com todos os agentes da modalidade na construção de um ecossistema que se pretende competitivo e sustentável”.

Informa a NOS que até ao final da época de 2020/2021, a NOS continuará a trabalhar em estreita colaboração com a LPFP, “por forma a criar uma competição ainda mais dinâmica, mais interativa e mais espetacular para todos os adeptos de futebol”.

No início de fevereiro de 2015, e após seis meses sem patrocínio, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (então liderada por Luís Duque) anunciou o patrocínio com a NOS, numa cerimónia que contou com a presença de Miguel Almeida, CEO da NOS. Antes, a NOS (na altura designada de Zon) dividiu com a Sangres o patrocínio da Primeira Liga de futebol

Em julho de 2017, foi anunciada a renovação do acordo de três épocas entre a NOS e a Liga Portuguesa de Futebol, um contrato que termina agora, sem renovação, na época de 2020/2021.

Clubes colocam Proença em causa

A Liga de clubes vai debater a forma de governação do organismo em Assembleia Geral (AG), em 9 de junho, disse esta quinta-feira à Lusa fonte de um dos 18 clubes da I Liga representados na reunião de presidentes.

Esta reunião magna da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) vai servir para discutir a governação do organismo liderado por Pedro Proença e apreciar o apoio anunciado para os clubes da II Liga, entre outros pontos da ordem de trabalhos que solicitados pelos emblemas profissionais, explicou à Lusa uma fonte de um outro clube.

No encontro de líderes, o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, pediu a demissão dos clubes que integram a direção da LPFP, anunciando que iria agir judicialmente caso o campeonato não chegue ao fim, depois de terem sido dadas garantias que iria acontecer, confirmaram à Lusa as duas fontes.

A liderança de Proença tem sido questionada depois de ter sido divulgada uma carta do dirigente ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, solicitando a sua influência para fossem transmitidos em sinal aberto os restantes 90 jogos da I Liga, que tem reinício previsto para 4 de junho, depois da interrupção devido à pandemia de covid-19.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.