O que disseram as estrelas da Gala Cosme Damião

Rui Costa, administrador da SAD do Benfica, falou à BTV à entrada do Campo Pequeno, onde decorrem as celebrações do 116.º aniversário do clube.

«É um Benfica vivo e grandioso como sempre. É certo que não é um momento muito feliz para o nosso futebol, mas de qualquer das maneiras é o nosso adversário e temos de estar muito orgulhosos desta família, independentemente do futebol», atirou.

O antigo médio mostrou-se ainda confiante na luta pelo título nacional com o FC Porto. «É uma sequência de jogos que não nos tem corrido de feição, mas esta de pé, há muita batalha. Cá estaremos para responder às exigências do Campeonato e no final dar muitas alegrias aos nossos adeptos».

Ferro, central do Benfica, na gala do 116.º aniversário do Benfica, venceu o galardão Cosme Damião para jogador revelação na categoria de futebol. 

«Não posso deixar de agradecer à equipa técnica, ao mister Bruno Lage que acreditou em mim e se há fases menos boas e se há grupo que consegue dar a volta é este e é a isso que nos vamos agarrar», disse.

Pizzi venceu esta noite o prémio de melhor futebolista do Benfica, ao somar 10 títulos conquistados com o emblme das águias ao peito. No seu discurso, o jogador apelou à união do clube e garante que o Benfica vai conseguir dar a volta à atual situação.

«Para mim é um orgulho enorme estar a receber este primeiro. Quero agradecer a todos os que me deram a oportunidade de estar aqui, aos meus companheiros de equipa. Dar uma palavra também a todo o staff que trabalha connosco diariamente no Seixal», começou por dizer Pizzi.

«A todos os benfiquistas, quero deixar uma palavra de união. Sabemos que não estamos num momento fácil e positivo a nível desportivo devido ao que aconteceu neste último mês. Mas como disse, e bem, Ferro, se há grupo de trabalho que consegue dar a volta à situação, é este», atirou.

«Prometemos todos os dias muito trabalho, muito esforço, muita dedicação para que no final, e é isso que esperamos, estejamos todos juntos a celebrar o aquilo que tanto queremos, que é o campeonato nacional e a Taça de Portugal», sublinhou.

«Por isso, deixo aqui o meu apelo a todos os benfiquistas para que a onda vermelha nos apoie em todos os momentos, porque adeptos e jogadores juntos são muito fortes, como temos visto ao longo dos últimos anos», finalizou Pizzi.

Bruno Lage protagonizou emocionado discurso na Gala do 116.º Aniversário do Benfica, no Campo Pequeno, onde recebeu o prémio de Treinador do Ano.

«Estão aqui tantos e tão bons treinadores que fazem um Benfica maior. Parabéns a todos, no futebol e modalidades, pelo trabalho fantástico que estão a fazer. Quero agradecer ao presidente, à direção, à estrutura do futebol profissional, à equipa técnica e, fundamentalmente, aos jogadores: são eles que dentro do campo tornam tudo de bom e são o reflexo do nosso trabalho», começou por dizer o técnico, antes de prestar uma primeira homenagem:

– Há oito anos estava nomeado para esta categoria. Foi a 28 de fevereiro e nesse dia de manhã recebemos a triste notícia de que o mister Jaime Graça tinha partido. Eu estava aí, entre os nomeados, tinha acabado de vencer o campeonato de juvenis e tinha uma vontade enorme de vencer este troféu para lho dedicar. Não venci, mas a vida deu-me a oportunidade de, sete anos depois, fazer a devida homenagem, dentro de estádio e dedicar-lhe o campeonato, por mim e por todos os treinadores presentes.

Seguiu-se um apelo à união em torno da equipa: ««Fizemos um ano fantástico e um mês terrível. Com este prémio na mão, gastaria de o dedicar aos benfiquistas que ao longo destes tempos, nas alegrias e nas tristezas, nos têm apoiado. Não são só aos que batem palmas, mas também aos que assobiam. Nós entendemos – é a verdadeira paixão dos adeptos, a manifestação da tristeza deles. São os primeiros assobiar e os primeiros a apoiar-nos para conseguirmos vitórias para o clube.»

«É tempo de união. De apoiar o miúdo de 18 anos, que luta pelos seus sonhos e por estas cores, e de apoiar o gajo de 30 anos (Pizzi, eleito melhor futebolista) que falha um penálti e que chora por não ter dado a alegria que os adeptos queriam. A grandeza do clube tem sido feita por jogadores e ex-jogadores, que conseguiram feitos fantásticos e tem levado o Benfica ao mais alto nível, feito do Benfica um grande clube graças a esses feitos. Os adeptos também fazem do Benfica um grande clube e nós temos adeptos nos quatro cantos do mundo. É momento de união porque vamos fazer tudo para vos dar alegrias», rematou, sob aplausos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.