News Benfica: Jogo importante com equilíbrio histórico

Amanhã, às 21h15, menos de 72 horas após o término do jogo com o Rio Ave, a nossa equipa voltará a entrar em campo para disputar mais uma partida, desta feita em Alvalade, com o Sporting, fechando a primeira volta do Campeonato Nacional. Naquele que é, de acordo com o histórico, o jogo com resultado mais imprevisível do futebol português, só há uma certeza: independentemente do resultado, a nossa equipa sairá de Alvalade na liderança do Campeonato.

De facto, nos 85 encontros do Campeonato em que visitámos o Sporting, vencemos 33, empatámos 21 e perdemos 31. O equilíbrio faz-se notar também nos golos: 124 marcados; 123 sofridos (nota: estes são os registos corretos – há um erro amplamente difundido que está relacionado com a temporada 1951/52, em que a ordem dos jogos de ambas as voltas é erradamente apresentado).

Além do histórico, existem as circunstâncias. As mais salientes têm a ver com a classificação atual do Campeonato, nomeadamente a nossa liderança e a diferença pontual para o Sporting, além da possibilidade de a nossa equipa obter a 17.ª vitória consecutiva fora de portas em jogos do Campeonato, o que, caso aconteça, será a melhor série de sempre.

Mas se há característica que distingue um Sporting-Benfica para o Campeonato é que nem o histórico, nem as circunstâncias costumam deixar antever o que se passará numa partida em particular. Já vimos grandes equipas do Benfica a perder em Alvalade, assim como obtivemos grandes vitórias em épocas de menor fulgor.

O que sabemos é que o jogo tem todas as condições para ser muito disputado, naquele que é o confronto com maior tradição no futebol português (o primeiro dérbi já aconteceu há mais de 112 anos; houve 435 jogos, 345 dos quais em competições oficiais).

Além disso, independentemente da competição, do adversário ou do local de realização de um jogo, o objetivo do Benfica passa sempre por vencer. Para tal, ainda mais por se tratar de um forte oponente, um grande do futebol português, necessitaremos de concentração, humildade, ambição e muita competência.

Resta-nos apelar ao desportivismo, ao respeito entre ambas as equipas e adeptos e que todos estejamos à altura de um dos jogos mais apaixonantes do futebol português.

Os dados estão lançados. Que o sejam a nosso favor!

#PeloBenfica

P.S.: A presença do Sport Lisboa e Benfica, representado por Luisão, Rodrigo Magalhães (coordenador técnico da iniciação do Futebol de Formação) e Filipe Coelho (treinador dos Juvenis), na Convenção de treinadores da United Soccer Coaches – a maior associação de treinadores do mundo – que decorre esta semana em Baltimore, é mais um sinal do reconhecimento generalizado, a nível internacional, da competência do trabalho desenvolvido no Benfica Campus. Rodrigo Magalhães e Filipe Coelho apresentam sessões práticas e teóricas focadas no programa do Benfica “De promessa a profissional”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.