Estádio da Luz entre os 20 mais emblemáticos do mundo

O estádio do Sport Lisboa e Benfica foi escolhido pelo site brasileiro “lance.com.br”, para figurar entre os vinte mais emblemáticos do mundo da actualidade.

Junto com o recinto do Glorioso, estão outros monumentos de grandes equipas no mundo, todas elas europeias. O nosso estádio é mesmo o único português na lista, como não podia deixar de ser.

A Europa tem dezenas de estádios importantes. Um dos mais emblemáticos é Wembley, em Londres. Palco da final da Copa de 66, foi demolido e outro, de mesmo nome, foi erguido em 2007.

A Europa tem dezenas de estádios importantes. Um dos mais emblemáticos é Wembley, em Londres. Palco da final da Copa de 66, foi demolido e outro, de mesmo nome, foi erguido em 2007.

A Europa tem dezenas de estádios importantes. Um dos mais emblemáticos é Wembley, em Londres. Palco da final da Copa de 66, foi demolido e outro, de mesmo nome, foi erguido em 2007.

A Europa tem dezenas de estádios importantes. Um dos mais emblemáticos é Wembley, em Londres. Palco da final da Copa de 66, foi demolido e outro, de mesmo nome, foi erguido em 2007.

Construído nos anos 20 do século passado, o Estádio Giuseppe Meazza, o San Siro, em Milão, é a casa de Milan e Internazionale. Os clubes anunciaram que será demolido para dar lugar a uma arena.

Casa do poderoso Barcelona, o Camp Nou foi inaugurado em 1957 e abrigou muitos feitos da equipe catalã, incluindo os da época da festejada equipe comandada por Pep Guardiola.

O Santiago Bernabéu, do Real Madrid, na capital espanhola, foi construído nos anos 40 e recebeu jogos da Copa do Mundo de 1982, quatro finais da Champions e a decisão da Libertadores de 2018.

A Allianz Arena, em Munique, é o palco das partidas do Bayern. Foi inaugurado em 2005 e recebeu partidas da Copa do Mundo de 2006, incluindo o jogo de abertura da competição.

Um dos estádio com mais fama pela festa da torcida do Borussia, o Signal Iduna Park foi construído no início dos anos 70 em Dortmund, na Alemanha, e comporta mais de 80 mil pessoas.

A Allianz Arena, em Munique, é o palco das partidas do Bayern. Foi inaugurado em 2005 e recebeu partidas da Copa do Mundo de 2006, incluindo o jogo de abertura da competição.

Um dos estádio com mais fama pela festa da torcida do Borussia, o Signal Iduna Park foi construído no início dos anos 70 em Dortmund, na Alemanha, e comporta mais de 80 mil pessoas.

O Estádio Olímpico, em Berlim, na Alemanha, foi construído nos anos 30, recebeu jogos da Copa de 1974 e foi remodelado para o Mundial de 2006. Lá, Itália e França fizeram a decisão.

O Juventus Stadium foi inaugurado em 2011 como nova casa da equipe de Turim. Ele foi levantado no lugar do antigo Delle Alpi, que fora construído para a disputa da Copa do Mundo de 1990.

Localizado em Saint-Denis, ao norte de Paris, o Stade de France foi construído por ocasião da Copa do Mundo de 1998. Lá a França conquistou a taça inédita, diante da Seleção Brasileira.

O Vélodrome, em Marseille, na França, é a casa do tradicional Olympique e pertence ao município. Foi inaugurado nos anos 30 e recebeu partidas das Copas do Mundo de 38 e 98.

A Amsterdam Arena, localizada na capital da Holanda, foi inaugurada em 1996 como um dos estádios mais modernos do mundo. É a casa do tradicional Ajax e rende tributo a Johan Cruijff.

O Estádio da Luz, em Lisboa, capital portuguesa, é a casa do Benfica, bicampeão europeu nos anos 60, e recebeu partidas da Euro 2004, incluindo a decisão entre Portugal e Grécia.

Localizado em Glasgow, na Escócia, o Hampden Park é um estádio centenário e tradicional britânico. Recebeu jogos de futebol na Olimpíada de 2012 e será palco de partidas da Euro-2020.

O estádio Luzhniki, em Moscou, foi o principal palco da Copa de 2018, abrigando a final entre França e Croácia. A seleção russa manda suas partidas neste palco com frequência.

O Estádio Olímpico de Atenas, na Grécia, recebe partidas do Panathinaikos e do AEK e foi sede dos Jogos Olímpicos de 2004. Também abrigou três finais da Liga dos Campeões da Europa.

O Estádio Olímpico de Atenas, na Grécia, recebe partidas do Panathinaikos e do AEK e foi sede dos Jogos Olímpicos de 2004. Também abrigou três finais da Liga dos Campeões da Europa.

Finalmente, o Estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia, foi inaugurado em 1923 e é o principal do país. Foi sede de jogos da Eurocopa de 2012 e da decisão da Liga dos Campeões de 2018.

Nuno Alexandre Costa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.