Imprensa tenta inflacionar valor de Tapsoba à custa do Benfica

O defesa-central Edmond Tapsoba de 20 anos, do Vitória de Guimarães, é, segundo a imprensa nacional, seguido pelo Benfica desde o verão.

Segundo estes, Tapsoba é visto na Luz como um central com muito talento e enorme “margem de progressão”.

O jogador pode até ter a tal “margem de progressão” de que a imprensa fala. Mas daí até um interesse do Benfica, um dos maiores clubes formadores do mundo, deve estar uma boa distãncia. Repare-se que as águias estão para dispensar Gérman Conti, jovem central também ele com boa “margem de progressão”, e tem em calha outros jovens de boa “margem de progressão” a promover. Entre Morato, Kalaiça ou Pedro Álvaro, parece que há muita “margem de progressão” entre portas para apostar ao invés de gastar dinheiro num jogador sobrevalorizado, e que até é estrangeiro.

Os vimaranenses sabem que o defesa está a suscitar o interesse de diversos clubes estará perto a fechar a renovação do contrato até 2024 e uma cláusula de rescisão que ascende aos 50 milhões de euros.

Pois bem. Pelo falado anteriormente, as intenções em valorizar este jogador usando a marca Benfica, parece evidente. Parece também evidente que as águias tenham mais por onde procurar para reforço no plantel, quanto mais não seja na sua própria casa. A não ser que, à semelhança do que afirmou Luís Filipe Vieira numa entrevista recente, há contratações feitas apenas para questões de negócio e não reforço do plantel. Se for assim…

Nuno Alexandre Costa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.