Apenas Benfica e mais 7 chegaram aos 200 triunfos na Champions

A vitória do Benfica diante do Lyon, por 2-1, na 3.ª jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, é especial. Os dois remates certeiros de Rafa e Pizzi significaram o triunfo 200 dos encarnados em partidas das competições da UEFA. O Campeão faz parte de um restrito lote de oito emblemas que alcançaram esta marca.

Na partida número 427 na Europa o Benfica chegou a uma marca que poucos clubes se podem gabar de ter como registo histórico. A restrita lista é liderada pelo Barcelona (316 vitórias), seguido por Real Madrid (313), Bayern (263), Juventus (259), Liverpool (217), AC Milan (201), Ajax (200) Benfica (200).

A construção da vitória 200 começou a ser feita no final da década de 1950, mas arrancou a todo o vapor a partir dos anos 1960, década em que o Benfica se sagrou Bicampeão Europeu e marcou presença, como finalista vencido, nas finais de 1962/63, 1964/65 e 1967/68 da Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Daí até ao dia 23 de outubro de 2019 muito aconteceu, com uma história construída com momentos inesquecíveis e outros não tão bons. Ainda assim, os números falam por si. Das 200 vitórias, mais de metade (113) foram alcançadas na TCCE/Liga dos Campeões e 64 na Taça UEFA/Liga Europa; as restantes 23 dividem-se entre a Taça dos Vencedores das Taças e a Taça das Cidades com Feiras.

Pizzi golo Benfica Lyon

Números do Benfica nas provas da UEFA

COMPETIÇÃOVITÓRIASGOLOS MARCADOS | SOFRIDOS
TCCE/Liga dos Campeões113410 | 294
Taça UEFA/Liga Europa64198 | 136
Taça dos Vencedores das Taças2167 | 34
Taça das Cidades com Feiras27 | 5
TOTAIS200682 | 469

Frente ao Lyon, o Estádio da Luz reviveu as saudosas quartas-feiras europeias. Cerca de 55 mil pessoas nas bancadas, num apoio incessante à formação liderada por Bruno Lage, criando um ambiente que permitiu às águias ultrapassar os gauleses com um golo de génio de Pizzi (85’) ao aproveitar um erro de Anthony Lopes.

O 21, que um minuto antes do golo acertara com estrondo no poste, agitou o Inferno da Luz, o Benfica somou os primeiros três pontos nesta edição da Champions e está a um ponto dos lugares que permitem o apuramento para os oitavos de final. O próximo capítulo desta saga é a 5 de novembro, em Lyon.

José Augusto

Vitória 1

Ao 3.º jogo nas provas da UEFA, a primeira vitória do Benfica. Arranque da temporada 1960/61, com o sorteio a ditar viagem das águias à Escócia para medirem forças com o Hearts, na 1.ª eliminatória. A decisão da eliminatória ficaria agendada para o Estádio da Luz, mas os comandados por Béla Guttmann mostraram, logo ali, no frio escocês, ao que iam.

Benfica triunfou por 1-2, com os golos a serem da autoria de José Águas (36’) e José Augusto (74’). O triunfo número 1 foi numa época especial. O Clube da Luz só terminou na final, em Berna, onde derrotou o Barcelona, por 3-2, conquistando a sua primeira Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Hearts-Benfica, 1-2

FICHA 
Local | DataEstádio Tynecastle | 31/08/1960
Onze do BenficaCosta Pereira, Cruz, Mário João, Germano, Neto, Saraiva, Coluna, José Augusto, Cavém, Santana e José Águas
Jogaram ainda
Golos do BenficaJosé Águas (36′) e José Augusto (74′)
Nené

Vitória 50

Dezoito anos depois da primeira conquista de um troféu da UEFA, a 50.ª vitória do Benfica nas lides europeias surgiu na temporada 1978/79. A competir na Taça UEFA, as águias arrancaram a participação – que terminou na 2.ª eliminatória – diante do Nantes.

Quis a sorte que a primeira mão fosse jogada em França e foi aí que o Benfica chegou ao número redondo de 50 vitórias após 107 desafios. Chalana, que anos mais tarde espalharia magia em terras gaulesas, inaugurou o marcador aos 38’ e Nené, três minutos depois (41’), aumentou a contagem para 0-2.

No jogo da segunda mão, no Estádio da Luz, os encarnados geriram bem a vantagem conseguida em França, empataram a zero e seguiram para a 2.ª eliminatória onde acabaram por cair ante o Borússia Mönchengladbach, clube que conquistaria o troféu nessa época.

Nantes-Benfica, 0-2

FICHA 
Local | DataEstádio La Beaujoire | 05/09/1978
Onze do BenficaBento, Carlos Alexandre, Fonseca, Eurico, Pietra, Jesus Coelho, Oliveira, Shéu, João Alves, Chalana e Nené
Jogaram aindaAntónio Bastos Lopes e Pereirinha
Golos do BenficaChalana (38′) e Nené (41′)
rui-costa-benfica-parma-1994-new_thumbnail

Vitória 100

100.º triunfo nas competições da UEFA apareceu ao 204.º jogo. Inserido na (hoje extinta) Taça dos Vencedores das Taças, o Benfica fez um trajeto quase imaculado e chegou às meias-finais. Aí, mediu forças com o Parma. A 1.ª mão jogou-se no antigo Estádio da Luz perante 80 mil pessoas. Os golos de Isaías e Rui Costa trouxeram a vitória 100 dos encarnados na UEFA e deixavam a porta da final entreaberta.

O triunfo por 2-1 era curto, mas dava esperança. Porém, no Estádio Ennio Tardini, Sensini apontou o único tento na partida e retirou o sonho às águias.

Benfica-Parma, 2-1

FICHA 
Local | DataEstádio da Luz | 29/03/1994
Onze do BenficaNeno, Abel Xavier, Hélder, Mozer, Veloso, Kulkov, Rui Costa, Isaías, Vítor Paneira, João Vieira Pinto e Yuran
Jogaram aindaKenedy
Golos do BenficaIsaías (7′) e Rui Costa (60′)

Vitória 150

Tal como a vitória 100, também o 150.º triunfo teve sabor agridoce. Em 2009/10, nos quartos de final da Liga Europa, calhou ao Benfica um dos ditos “tubarões”. O Liverpool tinha visita agendada para o Estádio da Luz na 1.ª mão e os encarnados não tremeram no seu 318.º encontro na UEFA. A jogar perante cerca de 63 mil Benfiquistas, a equipa venceu por 2-1 por conta do pé esquerdo de Cardozo.

Na 2.ª mão, em Anfield, numa partida com várias peripécias, os encarnados acabaram eliminados, mas ainda sonharam quando Cardozo fez o gosto ao pé, aos 70′.

Benfica-Liverpool, 2-1

FICHA 
Local | DataEstádio da Luz | 01/04/2010
Onze do BenficaJúlio César, Maxi Pereira, Luisão, David Luiz, Fábio Coentrão, Javi García, Ramires, Carlos Martins, Di María, Aimar e Cardozo
Jogaram aindaNuno Gomes, Rúben Amorim e Airton
Golos do BenficaCardozo (59′ gp e 79′ gp)
Benfica-Lyon

Vitória 200

Tal como as duas anteriores, a 200.ª vitória nas competições europeias também foi por 2-1. Rafa e Pizzi foram os obreiros do triunfo que colocou o Benfica a um ponto dos lugares de apuramento para os oitavos de final desta edição da Liga dos Campeões.

Benfica-Lyon, 2-1

FICHA 
Local | DataEstádio da Luz | 23/10/2019
Onze do BenficaOdysseas, Tomás Tavares, Rúben, Ferro, Grimaldo, Florentino, Gabriel, Gedson, Cervi, Rafa e Seferovic
Jogaram aindaPizzi, Vinícius e Raul de Tomas
Golos do BenficaRafa (4′) e Pizzi (86′)
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.