News Benfica destaca inicio ambicioso para o hóquei patins encarnado

Como uma das secções mais antigas do Clube, sendo, provavelmente, o mais antigo do mundo com atividade ininterrupta nesta modalidade, o hóquei em patins é, por estes dias, razão de entusiasmo e leva a encarar a nova época com optimismo.

A participação na Elite Cup, torneio que juntou os oito melhores classificados do Campeonato Nacional anterior, foi a última etapa de uma pré-temporada propositadamente longa, com incidência na integração dos novos atletas e consolidação dos processos de jogo trabalhados desde a chegada ao Clube de Alejandro Domínguez. Em agosto, numa entrevista de lançamento da temporada à BTV, foi o próprio a definir os objetivos para 2019/20.

“Temos de chegar ao final do Campeonato Nacional com hipóteses de o vencer, temos de ir à final four da Liga Europeia para poder ganhá-la, temos de ir à final four da Taça de Portugal para poder conquistá-la. Há que estar na luta por todos os títulos”, afirmou o técnico argentino.

O próximo domingo, dia 13, marca o arranque das competições oficiais para a turma encarnada. No Pavilhão Fidelidade, pelas 16h00, Benfica e Sanjoanense medem forças em jogo a contar para a primeira jornada do Campeonato Nacional. A base do plantel manteve-se em relação à temporada passada, registando-se apenas a saída de Miguel Rocha e as entradas do internacional espanhol Edu Lamas e de Gonçalo Pinto, formado no Benfica e que passou as últimas duas temporadas a evoluir com empréstimos ao Lodi (Itália) e Valongo.

Além de Gonçalo Pinto, que avança para a sua 9.º temporada de águia ao peito, Diogo Rafael (16.ª época consecutiva) e o guardião Pedro Henriques (14.ª não consecutiva), praticantes habituados aos maiores palcos da modalidade, são os restantes representantes da formação no plantel que este ano conta com onze atletas, aumentando assim a competitividade do mesmo e fornecendo mais alternativas a Alejandro Domínguez.

Ainda a propósito da formação, nota para a recente conquista europeia da equipa masculina de Sub-17.

P.S.: Hoje decorre uma iniciativa da Casa do Benfica do Fundão em parceria com o Gabinete para a Inclusão e Diversidade Cultural daquele Município em que um grupo de dez refugiados, oriundos da Guiné Conacri, Nigéria, Senegal, Sudão e Guiné Bissau, visitam o Estádio da Luz e o Museu Benfica Cosme Damião. Uma visita que pelo seu simbolismo fazemos questão de destacar, como um excelente exemplo da ação das Casas do Benfica em prol das comunidades em que estão inseridas, elevando assim o nome do Sport Lisboa e Benfica e contribuindo para o engrandecimento da instituição. Responsabilidade social, cidadania e inclusão são valores de que nos orgulhamos promover e praticar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.