“Desistir” não entra no vocabulário de Franco Cervi

Tão depressa como surgiu de surpresa na equipa titular contra o RB Leipzig, na estreia do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões, Franco Cervi desapareceu das opções de Bruno Lage.

A utilização do extremo argentino de 25 anos diminuiu com a mudança de treinador em janeiro, mas aumentou a vontade dele em mostrar que tem lugar no Benfica. Por isso não saiu no verão, nem está a pensar fazê-lo em janeiro.

Cervi teve três possibilidades de sair por empréstimo (Boca Juniors, Atalanta e Getafe), no verão, a mais real para o Boca Juniors. Recusou voltar à Argentina, onde seria recebido de braços abertos, para continuar a lutar no Benfica.

Sabendo que as circunstâncias eram (e continuam a ser) complicadas, considerando que Rafa é o dono do lugar, para o qual Bruno Lage também tem apostado em Caio Lucas, como aconteceu, recentemente, com o Zenit, na segunda parte, e com o V. Guimarães, no qual o brasileiro entrou de início.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.