Mentiras de Tiago Martins conseguem multar apanha-bolas do Benfica

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) multou o Benfica em 1020 euros devido a «comportamento incorreto dos apanha-bolas» durante o jogo com o V. Setúbal, após as águias chegarem à vantagem por Carlos Vinícius.

«Os apanha-bolas após o golo do Benfica passaram a demorar mais tempo do que os três segundos regulamentares na reposição de bola em jogo, tendo sido uma vez solicitado a um apanha-bolas que devolvesse a bola, o que causou atraso no reinício do jogo», pode ler-se, com base nos relatórios do árbitro e dos delegados da Liga.

A expulsão de Adel Taarabt, com vermelho direto, é justificada pela  «prática de jogo violento», nomeadamente um «tackle com força excessiva, pondo em perigo a integridade física do adversário», conforme relatório do árbitro.

Quanto à abertura de um eventual processo sumário pelo facto de o juiz Tiago Martins ter sido alegadamente atingido por uma moeda enviada por adeptos, é apenas referido no comunicado do CD da FPF que «foram solicitados os relatórios de policiamento desportivo», por forma a «esclarecer o conteúdo dos relatórios do árbitro e dos delegados da Liga».

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.