João Tralhão aponta João Félix ao estrelato mundial

João Tralhão acompanhou de perto a evolução de João Félix no Seixal e é, por isso, voz avalizada para comentar a aposta do Atlético Madrid no jovem avançado para ocupar o lugar deixado vago por Antoine Griezmann.

Em entrevista ao diário AS, o antigo treinador dos quadros do Benfica deixa três certezas: aos 19 anos, Félix tem talento de sobra para se impor nos colchoneros, talento esse que fará dele um caso sério no futebol mundial, e também estofo para lidar com a pressão, em campo e fora dele.

«Não creio que essa pressão o vá afetar. Griezmann é Griezmann. Um campeão do mundo que ganhou muito com o Atlético. João Félix está preparado, mas o seu potencial irá levá-lo ao patamar em que poderá ser a referência de qualquer clube, uma referência mundial. João será uma das estrelas do futebol mundial nos próximos anos. Ele sabe lidar perfeitamente com essa pressão», afiançou João Tralhão, convicto, também, de que a ex-águia saberá adaptar-se ao estilo de jogo de Diego Simeone.

«Não me parece que o Atlético tenha pagado essa quantidade de dinheiro por um jogador que não está preparado para responder às exigências do treinador. Simeone é muito rigoroso do ponto de vista defensivo, mas Félix, defensivamente, é um jogador muito completo. Falta-lhe ser um pouco mais intenso, algo que irá trabalhar com João Félix», referiu.

João Tralhão apontou, ainda, aquela que, na opinião dele, será a posição ideal para João Félix no onze do Atlético Madrid: «João Félix é um avançado. Pode jogar como falso nove, dez ou nas alas. Pode fazer com muita eficácia todas as posições do ataque, mas, na minha opinião, a posição ideal para ele é como falso nove.»

Engana-se quem pensa que a ascensão meteórica de João Félix foi obra do acaso. Pelo contrário. Garante quem com ele lidou de perto na formação do Benfica que o trajeto do jovem avançado, protagonista de milionária transferência para o Atlético Madrid, foi pensado ao mais ínfimo pormenor. Desde o dia em que chegou ao Seixal oriundo do FC Porto. Tinha, então, 15 anos. Tem a palavra João Tralhão.

«A primeira vez que o vi jogar ao vivo? Foi algo extraordinário. E com um físico tão débil. Era um jovem pouco desenvolvido para a idade, mas no Benfica temos experiência com esse tipo de talentos. Sabíamos que não precisávamos de um jogador com poderio físico aos 15 anos; encantou-nos com o seu talento e potencial. Era um jogador fisicamente atrasado, mas com uma qualidade e talento descomunais», recordou o antigo treinador das águias, em entrevista ao diário AS, destacando a «capacidade de aprendizagem e humildade» do então aspirante a futebolista.

«Nada com João Félix foi feito de improviso, havia uma programação. O caminho com Félix estava muito bem definido. Com ele e com outros, para chegar à primeira equipa, como se vê atualmente», salientou João Tralhão, acrescentando: «João Félix é um talento puro em todas as dimensões: qualidade, mentalidade e capacidade física. É um rapaz muito completo, mas falamos de alguém com 19 anos.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.