Rúben Dias rejeita falar do futuro antes da final com a Holanda

À margem da conferência de Imprensa da Seleção Nacional, que se prepara para a final da Liga das Nações frente à Holanda, Rúben Dias foi questionado quando ao futuro e uma eventual mudança para Inglaterra, tema que o central do Benfica preferiu manter no segredo dos deuses.

«Por enquanto vão-me ver na final four, tudo o que vier depois disso não é para falar agora», atirou Rúben Dias de forma perentória.

O defesa de 22 anos tem sido apontado com insistência ao interesse do Manchester United, que mantém como possibilidade avançar para a contratação do internacional português no presente mercado de transferências.

Rúben Dias frisou, já em conferência de Imprensa, que Portugal está ciente das dificuldades que irá encontrar frente à Holanda, na final da Liga das Nações que tem início marcado para as 19.45 horas deste domingo. O defesa-central defendeu ainda que o fator ‘casa’ não coloca a equipa das Quinas como favorita à conquista da competição.

«Tem que se provar sempre tudo de novo dentro de campo, e por isso não há favoritismo. [os holandeses] Jogaram ontem, tiveram prolongamento, mas são jogadores de alta competição como nós. Iram entrar para ganhar como nós, e de certeza que será um jogo muito disputado», analisou o defesa do Benfica, que comentou ainda a possibilidade de fazer parceria com José Fonte no eixo da defesa, e da importância da entreajuda para sobressair a qualidade de Cristiano Ronaldo.

«José Fonte? Não será a primeira vez que jogámos juntos. Está mais que provado que jogamos bem um com o outro. Já Ronaldo vemos como o melhor do mundo. Precisa de uma equipa a suportá-lo e estamos todos juntos nisso. Não há grandes dúvidas, simplesmente tentamos tirar o melhor dele como de todos nós», defendeu.

De Jong e Virgil Van Dijk são dois dos nomes de maior efeito sonoro na atualidade do futebol europeu, e que estarão muito provavelmente em campo para defrontar Portugal na final da Liga das Nações.

Sobre os dois talentos holandeses, Rúben Dias não escondeu a dificuldade de travar o médio do Ajax e ultrapassar o defesa do Liverpool.

«Sabemos que é uma equipa muito forte, e que beneficia desse jogador [De Jong] em especifivo para jogar no meio campo. Sabemos que é uma tarefa difícil, mas iremos certamente saber como nos preparar. Tudo paremos para o parar a ele e a toda a equipa. Quanto a Van Dijk, os factos falam por isso. Quem sou eu para estar a concordar ou discordar, é um jogador de enorme talento e a fazer uma grande época. Não há muito a dizer. A equipa deles, no geral, é composta por enormes jogadores que têm feito uma grande época», analisou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.