Benfica goleia Fundão e vai discutir título na final com Sporting

O Benfica não deu chances à AD Fundão no jogo 3 das meias-finais do play-off do Campeonato Nacional de futsal: vitória por 7-3 e apuramento para a final, onde as águias vão defrontar o Sporting. O primeiro jogo da decisão está marcado para as 21h30 do dia 31 de maio (sexta-feira), na Luz.

No Pavilhão n.º 2, com uma excelente casa, o jogo começou logo com um golo. Ainda não tinha decorrido um minuto inteiro (14 segundos) e André Coelho já fazia agitar as bancadas. 1-0 para o Benfica. 

A perder, a AD Fundão, através de Mário Freitas, ameaçou o empate, coisa que apareceu aos 4′ através de um lance caricato. Fábio Cecílio, pressionado, foi recuando no terreno e Pauleta aproveitou para fazer o 1-1.

Logo de seguida, aos 6′, novo erro defensivo, mas da AD Fundão, aproveitado por Fernandinho para restabelecer a vantagem para os encarnados (2-1).

O jogo estava animado e o 3-1 apareceu aos 7′. André Coelho a bisar após jogada de insistência do Benfica, com Robinho e Miguel Ângelo a participarem no lance. 

O 4-1 ficou próximo aos 8′, por intermédio de Fernandinho. O pivô brasileiro, após remate de Roncaglio, tentou desviar de calcanhar primeiro e fazer um chapéu depois. O esférico, esse, nada quis com a baliza dos fundanenses.

Depois de sete minutos loucos, com quatro golos, as duas equipas assentaram o seu futsal na quadra, com algumas jogadas bem gizadas, muita pressão defensiva e trocas de bola rápidas e sucessivas. Bom desafio no Pavilhão n.º 2 da Luz!

Aos 14′, Robinho esteve muito perto do 4-1. O disparo do camisola 10 saiu a centímetros do poste da baliza defendida por Júlio César. Aos 17′, foi Fernandinho a ficar perto do bis.

Aos 19′, nova perda de bola defensiva da equipa do Fundão; o esférico sobrou para André Coelho. O 4, de primeira, a atirar a contar para o 4-1 e a completar o hat-trickFoi com este resultado que se chegou ao intervalo.

A AD Fundão não se resignou, não se deu por vencida e reduziu para 4-2 aos 21′, num remate de Pauleta em zona frontal, aproveitando uma brecha na organização defensiva das águias.

Numa partida viva, intensa, com a bola a viajar rapidamente de uma ponta à outra da quadra, o Benfica superiorizou-se nas ações de finalização e, numa excelente iniciativa de Fits, apontou o 5-2 aos 29′.

Uma ação de pressão ofensiva resultou no 6-2 para os encarnados: Fernandinho roubou o esférico a Mário Freitas e endossou-o para a conclusão de Robinho aos 30′.

À entrada dos últimos nove minutos do encontro, a AD Fundão seguiu uma linha estratégica de risco total, atuando com guarda-redes avançado. Aos 38′, a AD Fundão reduziu para 6-3 por intermédio de Pauleta.

A resposta do Benfica foi feita em alta velocidade, com Fits a trabalhar na direita (39′), a tocar para o remate de Fábio Cecílio no corredor central e defesa de Júlio César, aparecendo Chaguinha a encostar para o 7-3 final.

Cinco inicial do Benfica: Roncaglio, André Coelho, Robinho, Bruno Coelho e Fits.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.