Voleibol carimba presença na final do Campeonato Nacional

Categórico! A formação de voleibol do Benfica voltou a medir forças com a Fonte do Bastardo no Pavilhão n.º 2 da Luz e a história repetiu-se! No Jogo 3 das meias-finais do Campeonato Nacional, triunfo taxativo por 3-0 no jogo… 3-0 na eliminatória e um lugar garantido na final da competição!

Foi já com o primeiro finalista da grande final encontrado que SL Benfica e Fonte do Bastardo entraram em quadra no Pavilhão n.º 2. Depois das vitórias nos Açores (0-3) e na Luz (3-1), às águias bastava um novo triunfo para carimbar presença na derradeira eliminatória, já os açorianos tinham de dar o tudo por tudo para reduzir desvantagens e acreditar numa possível reviravolta nos desafios seguintes…

Dois duelos até ao momento, dois grandes desafios de voleibol, pautados por um equilíbrio q.b., no entanto, com os encarnados a conseguirem sempre serem superiores e marcarem a diferença.

Posto isto, mais um grande duelo em perspetiva para a tarde deste domingo… e as expectativas não foram goradas! Entrada em jogo muito serena das águias, plenas de confiança. Logo de início, vantagem de três pontos, vantagem essa dilatada com naturalidade para um expressivo 12-5. João Coelho pediu de imediato time out para reorganizar as tropas, mas este Benfica não tremeu. Não obstante a reação açoriana, a encurtar distâncias, os encarnados, com um bloco fortíssimo e um serviço agressivo, partiram para o 1-0 no jogo, após um 25-16 no 1.º set.

Theo Lopes

Segundo set com o Benfica a colocar em quadra muita, muita qualidade! Os pontos foram-se acumulando, perante uma Fonte do Bastardo sem argumentos – não obstante a vontade! – para contrariar a classe e talento da formação comandada por Marcel Matz. 9-1, 11-3, 15-6, 22-11… Triunfo por 25-12, com os encarnados a dilatarem a vantagem no jogo: 2-0.

Ao contrário dos dois sets anteriores, a Fonte do Bastardo entrou com tudo no 3.º set, esteve na frente e equilibrou até aos dez pontos. A partir daqui, enorme Benfica em quadra, decidido e convicto em resolver. Consequência? 25-15 no set, 3-0 no jogo e na eliminatória!  

Formação inicial do Benfica: Rapha, Zelão, Peter, André Lopes, Tiago Violas, Theo Lopes e Ivo Casas.

Na grande final do play-off do Campeonato Nacional de voleibol vai haver dérbi! O SL Benfica, depois de eliminar a Fonte do Bastardo (3-0), vai então encontrar o Sporting CP que, por seu turno, deixou para trás, também por taxativos 3-0 na eliminatória, o SC Espinho.

Marcel Matz

Tal como as meias-finais, a final decide-se à melhor de cinco, ou seja, a primeira equipa que atingir as três vitórias sagra-se Campeã Nacional, sendo que, em caso de negra, o Benfica – por ter terminado a Fase Regular na liderança – beneficiará sempre do fator casa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.