Dérbi feminino terminou com goleada favorável a Moçambique

As equipas de futebol feminino do Benfica e do Sporting disputaram, este sábado, o Torneio Vicente Lucas, que foi vencido pelas leoas, por 0-1. O primeiro dérbi entre as principais equipas dos maiores clubes da cidade de Lisboa teve cariz solidário de ajuda a Moçambique, e os portugueses responderam sim e preencheram as bancadas do Estádio do Restelo.

Jogo inédito num recinto com bancadas bem compostas para o primeiro Benfica-Sporting entre as duas equipas principais femininas dos dois emblemas maiores da cidade de Lisboa.

Quem também marcou presença foi o líder dos encarnados, Luís Filipe Vieira, tal como o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o dirigente máximo da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes.

Luís Filipe Vieira

Antes do apito final, as jogadoras dos dois conjuntos perfilaram juntas numa fotografia que fica para a posteridade, seguindo-se um minuto de silêncio em memória das vítimas de Moçambique, no fundo a razão por que se realizou a partida.

Arranque do jogo, muito equilíbrio, bola muito disputada a meio campo e sem oportunidades de parte a parte. Depois de uns primeiros cinco minutos com o Sporting a pressionar muito a saída de bola das águias, o Benfica respondeu com outra capacidade para sair em futebol organizado. Nas bancadas, os mais de 15 mil adeptos – novo recorde de assistência num jogo de futebol feminino em Portugal – respondiam com apoio às duas equipas num ambiente fantástico.

Adeptos

Aos 15’, Darlene ficou muito perto do golo. Excelente trabalho individual da brasileira na área e remate de pronto para bela estirada de Patrícia Morais, guarda-redes do Sporting. Depois, aos 22’, livre direto para o Benfica, Patrícia Morais afastou e na recarga Sílvia Rebelo só não festejou porque a guarda-redes leonina voltou a fazer uma grande estirada.

Desde que o Benfica sacudiu a maior pressão do rival, Patrícia Morais tornou-se protagonista e aos 24’, de novo através de um pontapé de canto, defendeu um novo disparo de Darlene. Aos 29’, o Sporting teve duas flagrantes oportunidades. Incursão de Ana Borges pela direita, Ana Capeta rematou ao poste e na recarga Fátima Pinto, em jeito, atirou à trave.

Nos minutos seguintes, a bola voltou a estar longe das balizas, com a exceção a aparecer aos 44’, com Ana Capeta, na área, a rematar ao lado da baliza de Dani Neuhaus, guardiã das encarnadas. Ao intervalo, o resultado era 0-0.

Antes do início da segunda parte, as duas capitãs entregaram um cheque com o valor total de 10 mil euros à Cruz Vermelha.

No reatamento, Carolina Mendes foi lançada em profundidade, mas Dani Neuhaus negou-lhe o golo, aos 47’. Em resposta, o Benfica podia ter inaugurado o marcador. Geyse, num cruzamento-remate, atirou ao poste da baliza leonina.

O Benfica veio melhor dos balneários, teve mais posse de bola, jogou em pressão alta e o Sporting sentiu inúmeras dificuldades na saída com o esférico controlado.

Melhores na partida, as águias estiveram mais perto de serem felizes. Aos 69’, Darlene, com tiro do meio da rua, levou a bola a bater na barra da baliza das verdes e brancas; aos 70’, saída rápida do Benfica para o ataque e Geyse rematou com um estrondo à barra da baliza. Muita sorte para o Sporting nestes dois lances.

Yasmim

Aos 76’ as encarnadas ficaram muito perto do 1-0. Yasmim cobrou um livre direto, Inês Pereira (rendeu Patrícia Morais no reatamento) defendeu e largou o esférico, mas Ana Vitória, na recarga, não conseguiu faturar. Logo de seguida, Geyse trabalhou bem e atirou para Inês Pereira sacudir.

Aos 84’, Tatiana caiu na área em lance com Tayla e a árbitra assinalou grande penalidade a favor do Sporting.

[GOLO: 0-1] Joana Marchão converteu a grande penalidade aos 86’ e inaugurou o marcador do dérbi solidário.

Até final não houve mais golos. O Sporting venceu o primeiro dérbi no feminino (equipas A) por 0-1.

Onze do Benfica: Dani Neuhaus; Daiane, Tayla, Sílvia Rebelo, Yasmim (90’+1′, Lara Pintassilgo); Pauleta, Patrícia Llanos (87′, Carlota Cristo), Ana Vitória; Evy Pereira (90’+1′, Francisca Nazareth), Geyse e Darlene.

Suplentes: Carolina Vilão, Ana Alice, Raquel Infante, Jassie Vasconcelos, Rilany, Carlota Cristo, Lara Pintassilgo, Tita e Francisca Nazareth.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.