Benfica vai iniciar ciclo decisivo rumo à Reconquista

Inicia-se aqui a fase mais importante da época: nas próximas oito semanas, sem qualquer interrupção, o Benfica estará a lutar por três competições e com ambição em todas elas! Lideramos o campeonato nacional, estamos em vantagem frente ao Sporting na meia-final da Taça de Portugal e estamos prontos para o embate com o Eintracht Frankfurt nos quartos de final da Liga Europa. 

O maior de todos os desafios é, como se sabe, a Reconquista do Campeonato Nacional. E esse não é apenas o objetivo do clube e da sua equipa profissional de futebol: é o objetivo de todos os Benfiquistas! Sabemos, é verdade, que ainda há muito caminho a percorrer até se chegar onde queremos. Mas também há ambição, determinação e qualidade para justificar a confiança que todos sentimos ao olhar para as oito ‘finais’ que nos esperam. 

O jogo com o Tondela (sábado, às 20h30) é o único em que interessa pensar. É ali que importa colocar todo o foco e concentrar todas as energias – se possível com o Estádio da Luz cheio para ajudar a equipa a ultrapassar mais um obstáculo e a continuar, assim, na liderança do campeonato. 

Com a atual equipa técnica, o percurso do Benfica dificilmente poderia estar a ser melhor: 18 jogos, 14 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. Ou seja, 77% de vitórias. Se considerarmos apenas os jogos realizados para o campeonato, então os números são ainda mais impressionantes: 11 jogos, 10 vitórias e 1 empate! 91% de vitórias! 

No total, o Benfica já marcou 50 golos (!) desde a chegada de Bruno Lage. Uma média de 2,7 por jogo. Considerando apenas o campeonato, são já 41 golos. Isto é: 3,7 por jornada! Não há nenhuma equipa que apresente em 2019 um rendimento tão produtivo. 

Apesar de o indiscutível mérito que existe neste percurso, a verdade é que, até agora, apenas uma Reconquista está garantida: a dos adeptos. Era a mais importante! Sem essa, aliás, nem sequer poderíamos pensar nas outras. E agora, sim, estamos prontos para as duras batalhas que faltam. Na certeza de que, todos juntos, lá chegaremos! 

PS: A forma como o Benfica foi desclassificado no Nacional de Estafetas Mistas de Triatlo, no último domingo, é inaceitável. Como explicou o treinador João Mascarenhas, “nenhuma regra diz que a não utilização do dorsal dá desclassificação direta”. Ainda assim, foi isso que aconteceu ao Benfica. Que fez uma prova excecional e que ganhou com todo o brilhantismo. João Pereira (o atleta em causa) integra a elite mundial e foi mesmo 5.º classificado nos Jogos do Rio. Vai, seguramente, continuar a lutar por vitórias no circuito internacional. Ele e os restantes atletas de topo que representam o Benfica.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.