Benfica em vantagem nos quartos de final da Liga Europeia em hóquei patins

A equipa de hóquei em patins do Benfica está em vantagem nos quartos de final da Liga Europeia. No jogo da primeira mão, no Pavilhão Dr. Salvador Machado, as águias derrotaram a Oliveirense, por 2-3.

Um problema eletrónico na mesa atrasou o início do jogo. Quando se deu o apito inicial, a partida arrancou a todo o gás, com equilíbrio na pista. Primeiros minutos jogados a bom ritmo, mas com poucas oportunidades de parte a parte.

[GOLO: 1-0] A equipa da casa inaugurou o marcador aos 7′. Jorge Silva bateu Pedro Henriques e fez o 1-0 no Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis.

Após o golo, Alejandro Domínguez mexeu na equipa a fim de recuperar da desvantagem no marcador. As alterações surtiram efeito. Viu-se um Benfica mais pressionante e mais perigoso junto à baliza defendida por Puigbi.

[GOLO: 1-1] Valter Neves empata a contenda através de uma stickada em antecipação ao guarda-redes da Oliveirense, Puigbi (15′).

Oliveirense-Benfica

A equipa da casa respondeu ao golo encarnado com duas oportunidades perigosas protagonizadas por Emanuel García. Porém, os comandados por Alejandro Domínguez não perdiam a baliza da Oliveirense de vista e Ordoñez a obrigar Puigbi a dupla intervenção.

[GOLO: 1-2] Jogada rápida do Benfica em transição, a defesa da Oliveirense não se conseguiu recompor e Adroher atirou a contar para a reviravolta à passagem dos 25′.

Logo a seguir ao golo das águias, o jogo foi para o intervalo, com o resultado em 1-2 para o Benfica.

Nos minutos iniciais do reatamento, os encarnados fizeram um jogo de paciência, a tentar construir com posse; a Oliveirense, em desvantagem no resultado, tentou construir ataques rápidos e objetivos para chegar ao empate.

Uma das melhores oportunidades foi através de Bargalló, com Pedro Henriques a responder com uma defesa atenta.

[GOLO: 2-2] Xavier Barroso empatou o jogo, com um remate de belo efeito que não deu hipóteses a Pedro Henriques (35′).

No lance seguinte, Bargalló viu cartão azul e o Benfica teve direito a um livre direto. Chamado a converter, Ordoñez atirou por cima e não conseguiu desfeitear o 2-2.

[GOLO: 2-3] Após Torra desperdiçar o facto de aparecer isolado frente a Pedro Henriques, o Benfica recuperou o esférico e regressou para a frente do marcador, aos 36′, através do tento de Casanovas. Puigbi não ficou bem na fotografia.

Oliveirense-Benfica

Minutos depois, as águias fizeram a 10.ª falta e a Oliveirense teve direito a um livre direto. Torra tentou empatar a partida, mas não foi feliz.

A perder, nos minutos finais do encontro, a Oliveirense aumentou a pressão sobre o Benfica e criou vários lances de perigo que foram negados por Pedro Henriques.

O Benfica sacudiu a pressão ao conquistar a 10.ª falta que lhe deu acesso a um livre direto. Porém, Ordoñez bem tentou, mas Puigbi negou os intentos ao argentino por três vezes, com três intervenções no mesmo livre direto.

Minutos depois, a equipa de arbitragem assinalou simulação a Vieirinha num lance de jogo, o que levou a Oliveirense para a marca do livre direto por via da 15.ª falta dos comandados por Alejandro Domínguez. Na baliza, Pedro Henriques manteve-se intransponível e não permitiu o golo do empate a Torra.

Cinco inicial do Benfica: Pedro Henriques, Valter Neves, Albert Casanovas, Diogo Rafael e Jordi Adroher.

O jogo chegou ao fim com 2-3 para as águias. Assim, o Benfica está em vantagem na eliminatória, cuja segunda mão joga-se a 6 de abril, às 19h00, no Pavilhão Fidelidade. Todos contam rumo à final four da Liga Europeia.

Oliveirense-Benfica

“A estratégia correu bem, mas faltam 50 minutos”

Alejandro Domínguez (treinador do Benfica): “Vi um jogo bom, com emoções fortes. Duas equipas que fizeram uma clara aposta no jogo defensivo. Um jogo muito físico, tentámos ter uma defesa a jogar alto e com agressividade em 40 metros. A estratégia correu bem, mas só está feito metade do trabalho. Esta vantagem é ínfima, faltam mais 50’ que serão tão ou mais intensos como estes. O que muda é o cenário. Vamos jogar perante os nossos adeptos, apesar de que aqui [Oliveira de Azeméis] também tivemos muito apoio.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.