Taarabt de luxo assistiu para o regresso às vitória do Benfica B

O Benfica regressou às vitórias na II Liga depois de bater, em casa, o Penafiel (2-1), num jogo que controlou do início ao fim e onde as oportunidades de golo se sucederam.  

Entrada muito forte do Benfica B, com rápida circulação de bola e grande dinâmica em termos ofensivos, a dispôr da primeira ocasião de perigo logo aos 3’. Frimpong apareceu no corredor esquerdo e cruzou para Willock que rematou, com estrondo, ao poste da baliza de Ivo.

O Penafiel respondeu e obrigou Svilar, seguro e atento na baliza encarnada, a duas boas defesas.

Aos 20’ – depois de dois remates de Pedro Henrique a saírem por cima da baliza de Ivo – Willock teve o golo nos pés. Valeu ao Penafiel a enorme defesa do guardião visitante.

Interventivo e dominador, o Benfica ia tentando chegar ao golo, mas Ivo ia evitando a todo o custo que os encarnados ganhassem vantagem. À passagem do minuto 25’, Willock voltou a tentar a sorte, mas estava lá – mais uma vez – o guarda-redes do Penafiel.

[INTERVALO: 0-0] De um lado um Benfica a criar várias oportunidades, do outro um muro chamado Ivo, a negar as investidas dos encarnados. O intervalo chegava com um nulo, mas as estatísticas espelhavam a qualidade da formação da casa: 6 remates contra 5 e 63% de posse de bola contra 37%. 

Para os segundos 45 minutos, Renato Paiva promoveu uma mudança no onze inicial: Benny entrou para o lugar de Vukotic.

A abrir o segundo tempo (48’), os encarnados voltaram a atirar à barra. Lance muito perigoso a resultar de uma bola parada, com Alex Pinto a acertar na trave. Estava feita mais uma ameaça.

Num lance de contra-ataque, a formação de Penafiel poderia ter chegado ao golo. Aos 50’, remate de Vasco Braga, com a bola a passar junto ao poste esquerdo da baliza de Svilar.

[GOLO: 1-0] Aos 70’, Willock, assistido por Taarabt, marcou o golo que há muito procurava e que o Benfica há muito justificava. Dois erros incríveis: primeiro de Ivo e depois do defesa Vini a permitirem o (merecido) primeiro dos encarnados. Com nove golos, o camisola 24 é o melhor marcador do Benfica na II Liga.

[GOLO: 1-1] O Penafiel reagiu e chegou ao empate. Naquele que foi o terceiro remate da formação de Armando Evangelista depois do golo sofrido, Fábio Abreu rematou (77’) para nova igualdade, após uma bola perdida na grande área do Benfica.

Aos 86’, Alex Pinto sofreu falta à entrada da área, mas o árbitro Gustavo Correia mandou seguir… Do lado do Benfica, ficou a pedir-se grande penalidade.

[GOLO: 2-1] Canto a favor dos encanados batido por Adel Taarabt, a descobrir Ivan Saponjic – recém-entrado para o lugar de Tiago Dantas (82’) – que, de cabeça, repôs a justiça no marcador.

[FINAL: 2-1] Com todo o mérito, o Benfica segurou o resultado até ao apito final. Uma diferença de apenas um golo, suficiente para permitir o regresso às vitórias na II Liga.

Onze inicial do Benfica: Svilar, Alex Pinto, Kalaica, Pedro Álvaro, Frimpong, Vukotic (45′ Benny), Tiago Dantas (82′ Saponjic), Nuno Santos, Willock, Taarabt e Pedro Henrique (90′ David Tavares).

Suplentes: Fábio Duarte, Zec, Jorginho, Benny, Bernardo, D. Tavares e Saponjic.

Boletim clínico: Vitalii Lystcov(status pós-cirúrgico ligamentoplastia no joelho esquerdo), Diogo Mendes (lesão muscular na face anterior da coxa esquerda) e Daniel Dos Anjos(status pós-cirúrgico ligamentoplastia no joelho direito) entregues ao departamento médico.

O Benfica regressa à II Liga depois da paragem para compromissos das seleções, com uma visita ao terreno do Estoril Praia.

Renato Paiva

“A vitória é perfeitamente justa”

Renato Paiva, treinador do Benfica B: “Criámos um número suficiente de oportunidades para justificar esta vitória. Tivemos momentos de grande qualidade que eu já esperava que viessem a acontecer porque o treino vem-nos dando sensações e ideias daquilo que pode acontecer. Os jogadores estão a treinar bem, a equipa está a ficar cada vez mais consistente – nós sentimos isso nas relações setoriais e entre os mesmos setores – e portanto o que eu pensava veio a acontecer, contra um adversário organizado, com qualidade, que sabe o que está a fazer dentro de campo. Não é fácil criar oportunidades ao Penafiel e nós conseguimos isso hoje. A vitória é perfeitamente justa.

Benfica B-Penafiel

Willock, jogador do Benfica B: “Jogamos muito bem, dominámos o jogo do início ao fim, perdemos algumas oportunidades e acho que foi uma grande exibição da equipa. Estou muito feliz [referência ao 9.º golo na competição]. Tudo o que quero é continuar a trabalhar todos os dias, aproveitar e ajudar a equipa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.