Krovinovic entre a provocação e o apoio dos amigos croatas

«Mano, já estás a tremer?», perguntou Dominik Livakovic a Filip Krovinovic, em mensagem no WhatsApp, logo após o sorteio dos oitavos de final da Liga Europa. Não ficou sem resposta. «Leva uma rede para meteres entre as pernas», disparou o benfiquista, recorrendo a uma imagem utilizada na Croácia para dizer o mesmo que os portugueses quando recomendam a alguém o uso de fraldas.

A história foi contada por Krovinovic na conferência de imprensa de antevisão ao jogo e também na última semana, numa entrevista ao jornal croata Sportske Novosti, e tem, agora, novo capítulo. Bom amigo do benfiquista, o guarda-redes do Dínamo Zagreb, Livakovic, 24 anos, confirma a troca de mensagens e eleva o desafio. Quem perder a eliminatória tem de pagar um jantar.

«Sim, é verdade, enviei-lhe essa mensagem porque vai jogar com o Estádio Maksimir cheio… mas com a camisola do adversário». Nas primeiras conversas houve brincadeiras saudáveis entre os amigos e antigos companheiros do NK Zagreb. E Livakovic promete que haverá novidades. «Não apostámos nada para este jogo, mas, no próximo [no Estádio da Luz], quem perder paga o jantar!», desafia o guarda-redes.

O regresso de Filip Krovinovic à Croácia, para defrontar aquele que foi seu o clube durante três anos na formação, antes de transferir-se para o NK Zagreb, é especial para o médio e para os seus amigos. Marco Pjaca, extremo da Juventus, emprestado à Fiorentina esta época, aproveitou a ocasião para assinalar o momento e revelou como criaram uma forte amizade, aproveitando igualmente para manifestar confiança nas capacidades do compatriota.

«Conheço Filip desde criança, jogámos no Dínamo Zagreb. É uma pessoa extraordinária e um amigo fantástico. Quando temos oportunidade estamos juntos. Já não acontece tantas vezes devido aos nossos compromissos. E penso que toda a gente sabe quão bom ele é num campo de futebol», começou por dizer o extremo, por quem o Benfica se interessou antes de mudar-se do Dínamo Zagreb para a Juventus por €23 milhões.

«Sempre que tenho oportunidade vejo os jogos dele, especialmente os mais importantes no campeonato e os das competições europeias. Estou contente por estar a dar-se bem e nunca duvidei de que teria sucesso», prossegue Pjaca, para quem Krovinovic «já conseguiu muito», desde logo «jogar no Benfica que é um dos maiores clubes da Europa».

«Claro que ainda é jovem e os melhores anos estão pela frente. Se continuar a progredir, como tem acontecido, conquistará grandes coisas», antecipa.

Para o extremo de 23 anos, que sofreu uma rotura dos ligamentos cruzados, como Krovinovic, a seleção croata será um passo natural. «Depende dele e do selecionador, claro. Espero que continue a jogar ao mais alto nível e, mais importante ainda, que não se lesione. Sei que é duro para um jogador sofrer uma lesão. Infelizmente, Filip teve o mesmo problema que eu. Mas está a voltar e só lhe desejo o melhor», rematou.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.