João Escoval dá favoritismo ao Benfica

Dínamo Zagreb e Benfica enfrentam-se na quinta-feira (dia 7) para a 1.ª mão dos oitavos de final da Liga Europa. João Escoval, jogador que fez toda a formação no Benfica, atua na Croácia e, em entrevista à BTV, deixou algumas dicas sobre o próximo adversário dos encarnados.

Defesa-central, João Escoval esteve 10 anos ao serviço do Benfica e agora é um dos titulares do Rijeka (2.º classificado da liga croata), o único português, aliás, a competir no principal escalão da Croácia.

Tinha nove anos quando chegou ao emblema encarnado, passou por todos os escalões de formação até à equipa B, onde fez 18 jogos, e depois foi para a Croácia, em 2017. Foi contratado pelo NK Istra Pula, mas no mercado de inverno assinou pelo Rijeka, onde já participou em 16 jogos nesta época, dois deles contra o Dínamo Zagreb: foi titular no empate fora de portas (1-1) e esteve na ficha de jogo na vitória em casa (1-0).

“Uma das principais ameaças deste Dínamo Zagreb, a meu ver, é o seu jogo bastante ofensivo. É uma equipa que projeta bem os seus laterais, que ataca com muita gente, mas que por vezes na Europa muda o seu futebol e dá mais iniciativa à equipa adversária para não correr tantos riscos, saindo mais no contra-ataque”, contou João Escoval, em declarações à BTV.

João Escoval

“Em termos individuais, talvez a maior ameaça seja o Dani Olmo, um jogador que vai buscar muito jogo, mas também recebe muito entre linhas. É muito forte no drible, no passe e na última decisão”, reforçou.

João Escoval já jogou nesta época no Estádio Maksimir (onde se vai realizar o Dínamo Zagreb-Benfica) e empatou a um golo. Apesar da importância do jogo, o defesa-central avisa que o ambiente para a Liga Europa vai ser muito diferente.

“O ambiente é um pouco diferente do campeonato, prova onde o Dínamo não leva assim tanta gente ao estádio, mas na Liga Europa tem estado completamente cheio e é esse ambiente que o Benfica pode esperar. O jogo está a ser vivido aqui na Croácia com grande entusiasmo”, afirmou o futebolista.

O defesa-central fez a sua formação com nomes como Rúben Dias, Ferro e Yuri Ribeiro. Agora que está mais longe, deixou alguns conselhos para os amigos.

João Escoval

Podem esperar um jogo com bastante intensidade, um jogo em que o Dínamo vai fazer de tudo para ganhar porque quer fazer história. É uma equipa com bastante qualidade e podem esperar um grande ambiente no estádio, que vai galvanizar a equipa do Dínamo como é óbvio, mas o Benfica tem todas as armas e toda a qualidade para ultrapassar este Dínamo”, vincou.

Apesar dos 2600 quilómetros de distância, João Escoval continua a acompanhar os jogos do Benfica. Assistiu ao recente clássico e mostrou-se orgulhoso pelo trajeto de Rúben Dias e Ferro, com quem partilhou o centro da defesa na formação.

“Tenho visto o Rúbene o Ferro com enorme alegria, pois partilhei o balneário com eles durante muitos anos, e é um motivo de orgulho para mim e para todos os ex-colegas deles vê-los a jogar a este nível. Estou extremamente feliz por eles”, referiu o jovem jogador.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.